Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliar as propriedades físico-mecânicas e de qualidade da polpa celulósica de duas novas sequências de branqueamento

Processo: 19/05717-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2019 - 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Gustavo Ventorim
Beneficiário:Gustavo Ventorim
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Itapeva. Itapeva , SP, Brasil
Assunto(s):Polpa de celulose  Lignina  Branqueamento da celulose 

Resumo

Na sequência de branqueamento ideal ocorre a remoção de componentes indesejados presentes na polpa, como a lignina e os ácidos hexenurônicos, de maneira eficiente, mas com baixo custo no processo. Como essa remoção ocorre de maneira diferente, a sequência utilizada deve comportar maneiras adequadas para remoção desses dois compostos químicos. O estágio de hidrólise ácida à alta temperatura (AHT) apresenta condições adequadas para remoção seletiva de ácidos hexenurônicos, entretanto seu pH ácido não é o ideal para a remoção da lignina. Por isso é interessante que se utilize na sequência de branqueamento uma extração alcalina em alta temperatura (EHT) em busca de maior eficiência na remoção da lignina, já que esta é mais solúvel em meio alcalino. O objetivo deste projeto é avaliar as propriedades físico-mecânicas das sequências de branqueamento, que possuem uma extração alcalina nas mesmas condições de operação (120 min/ 95ºC) que uma hidrólise ácida à alta temperatura. Nesse estudo utiliza-se polpa kraft de eucalipto pré-deslignificada com oxigênio, proveniente de uma empresa de celulose. Com esta polpa foram realizadas diferentes sequências de branqueamento ECF (Elemental Chlorine Free), OD(E+P)DP, OAHTDP, OAHTEHTDP. Os resultados de alvura, viscosidade, consumo de reagentes e os testes físico-mecânicos serão avaliados. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.