Busca avançada
Ano de início
Entree

Abrapoa 30 anos

Processo: 19/10051-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 03 de outubro de 2019 - 04 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Maria José Tavares Ranzani de Paiva
Beneficiário:Maria José Tavares Ranzani de Paiva
Instituição-sede: Instituto de Pesca. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bem-estar do animal  Pesca  Vacinas  Parasitologia  Microbiologia 

Resumo

Painel 1: A acantocefalose e a sustentabilidade da cadeia produtiva do tambaqui no norte do país. I - Visão geral sobre o Problema da acantofecalose (Coordenador)II - Pesquisas em andamento.III - O que precisa ser respondido sobre a epidemiologia da acantocefalose em tambaqui? Prof. Fernando Ferreira - USPDebate...Coord. Mauricio Laterça Martins.Painel 2: Tilapia lake virus (TiLV): impacto mundial e estratégias brasileiras em diferentes cenários epidemiológicos. Dr. Prof. Win Surachetpong. Kasetsart University, Thailand. Ações do MAPA para a prevenção da introdução de TiLV no Brasil. Dra. Valéria Stachinni F. Homem - MAPAVisão da iniciativa privada sobre o risco de TiLV no Brasil - Representante da PeixeBR. Coordenador Henrique Figueiredo.Painel 3: Tecnologias ômicas na pesquisa em sanidade de animais aquáticos: potenciais e critérios para as áreas de genômica, transcritômica e proteômica. Bioinformática Concepção e análise de experimentos em transcritômica - Rafael Rosa - UFSCCritérios para experimentos e análises em bioinformática (genômica, metagenômica e proteômica).Felipe Luiz Pereira - Uniavan - SC.Coordenador : Lucianne Maria Perazzolo - UFSC.Painel 4: Vacinas para peixes no Brasil. Estado da arte, mercado e tendências.Palestra: Experiência do Chile com o uso de vacinas na aquicultura. Prof. Ruben Avendaño-Herrera. Universidad Andres Belo, Chile.II- a experiência da vacina licenciada no Brasil - 15 minIII - Vacinas autógenas - 15 min. Henrique Figueiredo - UFMGIV- ignite talks (cinco) sobre projetos de desenvolvimento de vacinas para peixes no Brasil. V- Debate abertoPainel 5: Relação patógeno-hospedeiroCoordenador: Rafael Rosa, UFSCPalestra: Interação patógeno-hospedeiro. Dra. Delphine Destomieux-Garzón. Palestra: Interação bactérias hospedeiro. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.