Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma formulação de verniz fluoretado contendo Trimetafosfato de sódio nanoparticulado: efeitos sobre a erosão do esmalte e desgaste erosivo do esmalte em protocolos in vitro e in situ

Processo: 19/02354-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Juliano Pelim Pessan
Beneficiário:Juliano Pelim Pessan
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Pesq. associados:Alberto Carlos Botazzo Delbem
Assunto(s):Nanopartículas  Erosão dentária  Polifosfatos 

Resumo

O objetivo do presente estudo será avaliar o efeito de vernizes fluoretados suplementados com nanopartículas de Trimetafosfato de Sódio (TMP) sobre a erosão do esmalte e sobre o desgaste erosivo do esmalte dental bovino. Para tanto, o estudo será dividido em 3 subprojetos, nos quais blocos de esmalte dental bovino serão utilizados como substrato. Os vernizes a serem testados são: (A) Placebo (sem NaF ou TMP), (B) 5% NaF, (C) 5% NaF + 5% TMP microparticulado, (D) 5% NaF + 5% TMP nanoparticulado e (E) 5% NaF + 2,5% TMP nanoparticulado, os quais serão aplicados uma única vez sobre os blocos. O Subprojeto 1 (S1) avaliará o efeito dos vernizes em lesões erosivas iniciais in vitro, tanto sobre a recuperação de dureza de superfície (DS) como sobre a proteção contra perda de DS em um desafio erosivo futuro. O Subprojeto 2 (S2) avaliará o efeito dos mesmos vernizes sobre o desgaste erosivo do esmalte resultante da exposição a ácido cítrico, seguida ou não de abrasão por escovação com dentifríco sem fluoreto in vitro. No Subprojeto 3 (S3), serão testados os vernizes A, B e C, além do verniz D ou E (determinado a partir dos resultados do S2) em um modelo in situ/ex vivo, em indivíduos utilizando dentifrício fluoretado. O número de blocos (S1 e S2) e voluntários (S3) será determinado a partir de estudos piloto. Os blocos serão analisados por DS (S1, S2 e S3), perfilometria (S2 e S3), microdureza em secção longitudinal (S2 e S3) e microtomografia computadorizada (S3). Caso o uso de testes paramétricos seja possível, os dados serão submetidos a ANOVA (1 e 2 critérios), seguida do teste de Student-Newman-Keuls. Caso contrário, testes não paramétricos correspondentes serão aplicados. O nível de significância adotado será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)