Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de argilas plásticas e superplásticas como fonte de matéria-prima para composição de massa na produção de porcelanatos no Estado de São Paulo.

Processo: 19/02899-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2019 - 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Sergio Ricardo Christofoletti
Beneficiário:Sergio Ricardo Christofoletti
Instituição-sede: Instituto Florestal. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Antenor Zanardo ; Carolina Del Roveri ; Cibele Carolina Montibeller ; Fabiano Tomazini da Conceição ; Guillermo Rafael Beltran Navarro ; José Francisco Marciano Motta ; Rogers Raphael da Rocha
Assunto(s):Porcelanato 

Resumo

O segmento da indústria cerâmica tradicional, em especial o setor de revestimentos cerâmicos no país tem crescido muito nos últimos anos. Atualmente representa o terceiro maior produtor e o segundo maior consumidor de revestimentos cerâmico do mundo. Dentre os produtos fabricados, o porcelanato tem se destacado no mercado atual de revestimentos cerâmicos, sendo produzido principalmente em dois polos o de Santa Catarina e o de Santa Gertrudes. O aumento da produção do porcelanato esmaltado por via úmida na região de Santa Gertrudes gerou uma grande demanda sobre o setor minerário na busca de matérias primas adequadas para suprir as necessidades das empresas produtoras. Dentre estas matérias-primas, as argilas plásticas e superplásticas perfazem 10 a 35 % da composição das massas para a fabricação do porcelanato. Neste contexto, a presente pesquisa, tem por objetivo descobrir novas reservas de argilas com características especiais para a produção do porcelanato, com o intuito de garantir a sustentabilidade industrial e comercial das empresas do setor cerâmico de revestimento. (AU)