Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 18/15559-7: equipamento de densitometria óssea por Raio-X de Dupla energia

Processo: 19/10843-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de junho de 2019 - 31 de maio de 2026
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Luciano Hauschild
Beneficiário:Luciano Hauschild
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15559-7 - Nutrição de precisão para suínos em desafio sanitário em regiões de clima quente, AP.JP2
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

Este projeto tem como objetivo prosseguir no estudo (JP1) dos fatores responsáveis pela variabilidade no desempenho de suínos e assim estabelecer programas nutricionais com base no conceito de nutrição de precisão. No atual contexto do aquecimento global e expansão dos sistemas de produção em países de clima quente, os animais de produção estarão cada vez mais expostos a condições de estresse por calor. Além disso, o aumento da temperatura ambiental, a alta densidade e fluxo de animais nas granjas e as diferentes práticas de manejo nas granjas (higiene no alojamento) favorecem a proliferação e disseminação de agentes patogênicos em todo o sistema de produção o que resulta em uma maior pressão de contaminação. Neste contexto, os desafios da produção animal no século XXI incluem atender à crescente demanda global por alimentos em um cenário em que os animais serão cada vez mais expostos a condições de estresse por calor e desafios sanitários. Portanto, os objetivos do projeto são: a/ avaliar o efeito das condições sanitárias de alojamento na fisiologia, metabolismo, status sanitário e desempenho de leitões na fase de creche; b/ avaliar o efeito da interação entre as estratégias nutricionais, status sanitário (leitões oriundos da creche com diferentes status sanitários), condições sanitárias de alojamento e temperatura ambiente na fisiologia, metabolismo e desempenho de suínos na fase de crescimento e terminação; c/ desenvolver um método para monitorar o estado sanitário de suínos em tempo real. Para isso, o projeto será dividido em 4 fases. Na Fase 1, será realizado um levantamento das práticas de manejo adotadas nas fases creche e crescimento e terminação nas granjas de suínos. Na Fase 2, será realizado um estudo sistemático (meta-análise) para identificar e quantificar os níveis ideais de aminoácidos a serem utilizados nas dietas de acordo com as diferentes condições de desafios às quais os suínos são expostos na fase de crescimento e terminação (condição sanitária e temperatura). A Fase 3 compreenderá a condução de um experimento para avaliar o efeito de diferentes condições sanitárias de alojamento na fisiologia, metabolismo, status sanitário e desempenho de leitões na fase de creche. Nessa mesma fase outros cinco estudos serão conduzidos para avaliar o efeito de estratégias nutricionais (aminoácidos), status sanitário (leitões oriundos da creche com diferentes status sanitários), condições sanitárias de alojamento e temperatura ambiente na resposta de suínos na fase de crescimento e terminação. Na Fase 4, com base nos resultados da Fase 3, será modelado as respostas de comportamento alimentar de suínos em diferentes desafios. Por fim, será também validado um modelo linear dinâmico desenvolvido para identificar em tempo real desvios do padrão normal do consumo de suínos. (AU)