Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos de estratégias de análise espectroquímica por HR-CS AAS, LIBS e Espectroscopia Raman

Processo: 19/07537-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2019 - 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:José Anchieta Gomes Neto
Beneficiário:José Anchieta Gomes Neto
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesq. associados:Edilene Cristina Ferreira ; Kelber dos Anjos de Miranda
Assunto(s):Raman  Métodos analíticos de preparação de amostras  Espectroscopia de emissão óptica com plasma induzido por laser 

Resumo

Pretende-se avaliar criticamente novas estratégias de preparo de amostras empregando-se um sistema de digestão com aquecimento condutivo em frasco fechado (CHDS). O equipamento CHDS será estudado para a preparação de amostras de interesse ambiental, energético e alimentício. Considerando-se a baixa sensibilidade relativa da espectrometria de emissão ótica com plasma induzido por laser (LIBS), propõe-se avaliar um sistema para gerar centelha no plasma durante a incidência do laser com vistas ao estabelecimento de novos métodos de análise elementar em amostras de difícil ablação. Tendo em conta a possibilidade de análise de alguns microlitros de amostra depositada sobre a superfície de um disco de papel (dried matrix spot, DMS), planeja-se desenvolver um método minimamente invasivo para determinar Cu, Mn e Zn em sangue (dried blood spot, DBS) por espectrometria de absorção atômica em forno de grafite de alta resolução com fonte contínua (HR-CS GF AAS). Esta abordagem envolverá o tratamento da amostra in situ no amostrador de sólidos/atomizador do espectrômetro. Visando explorar as potencialidades da espectroscopia Raman em análises quantitativas mais simples e sustentáveis, propõe-se estudar os equilíbrios dos ácidos fosfórico e fosforoso, nitrato, amônio e uréia, em meio aquoso e desenvolver métodos para a identificação das espécies de N (nitrato, ureia, amônio) e de P (fosfato e fosfito) usualmente presentes em formulações de fertilizantes. Os métodos a serem desenvolvidos serão avaliados/validados por meio de materiais de referência certificados, técnicas analíticas alternativas e/ou testes de adição e recuperação de padrão. Os principais parâmetros de desempenho analítico (seletividade, coeficiente de recuperação, linearidade, precisão, exatidão, limites de detecção e quantificação, faixa de trabalho) serão determinados aplicando-se testes estatísticos já estabelecidos. (AU)