Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da dinâmica da ionosfera no setor da América do Sul e Antártica frente aos impactos do clima espacial

Processo: 19/05455-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2019 - 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Emilia Correia
Beneficiário:Emilia Correia
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Aeronomia  Sistemas de navegação global por satélite  Clima espacial  Ionosfera  Relação Sol-Terra 

Resumo

A caracterização eletrodinâmica da ionosfera frente às condições do espaço (clima espacial) vizinho a Terra tem se tornado cada vez mais necessária nas últimas décadas devido as suas implicações para a sociedade moderna. Apesar dos seus impactos ainda não serem de conhecimento do público em geral, eles já são reconhecidos como um novo risco natural da sociedade tecnológica moderna. As condições da ionosfera apresentam alterações em função da latitude e longitude magnéticas, hora do dia, estação do ano, além de perturbações em escalas de tempo de segundos a vários dias e meses associadas às condições do clima espacial, e de dezenas de anos associada ao ciclo de atividade solar. Essas alterações são críticas para os usuários de sistemas de navegação via satélite (GNSS - Global Navigation Satellite System), nas comunicações em alta frequência (HF - High Frequency) e para os sistemas de controle de satélites; e que em casos extremos pode acarretar em prejuízo econômico e danos ao meio ambiente. Neste contexto, um dos objetivos principais deste projeto é a caracterização da dinâmica da ionosfera no setor da América do Sul até a Antártica frente aos diferentes fenômenos do clima espacial, e os resultados serão utilizados para subsidiar/definir uma climatologia de irregularidades ionosféricas desde as altas até as baixas latitudes. As condições do clima espacial são função dos fenômenos solares, portanto o outro objetivo é a elaboração de uma ferramenta matemática que identifique padrões de comportamento da emissão rádio que antecede as explosões solares, com intuito de se gerar um serviço de previsão de fenômenos solares a curto e médio prazo. Portanto os produtos gerados por este projeto além de contribuírem para a área do conhecimento da dinâmica da ionosfera, também serão de interesse da sociedade tecnológica atual, bem como dos sistemas de defesa nacional. (AU)