Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da netose como moduladora da cardiotoxicidade induzida pela doxorrubicina

Resumo

A doxorrubicina é um quimioterápico utilizado no tratamento de neoplasias malignas com alta efetividade. No entanto, pode cursar com cardiotoxicidade, que se manifesta como dilatação ventricular esquerda e disfunção cardíaca. A fisiopatologia da cardiotoxicidade ainda não é claramente entendida, mas ocorre disfunção mitocondrial, aumento do estresse oxidativo e ativação de metaloproteinases de matriz (MMP). Entre as diversas vias multifatoriais que são ativadas após administração da doxorrubicina, a resposta inflamatória figura como importante modulador do processo de cardiotoxicidade. Neste contexto, o papel dos neutrófilos merece destaque especial, pois são as primeiras células a responderem à injúria tecidual. Assim, por meio da produção de substâncias quimioatrativas, são capazes de "orquestrar" toda a resposta imune subsequente, o que certamente está relacionado à instalação da cardiotoxicidade. Além da fagocitose e degranulação, os neutrófilos são capazes de produzir NETs (neutrophill extracelular traps), em processo denominado netose. As NETs são estruturas em formato de redes compostas por material citoplasmático e nuclear tais como DNA, mieloperoxidase e elastase. A extrusão das NETs ocorre de maneira coordenada precocemente em resposta a diversos estímulos infecciosos ou não. Até o momento, não há dados na literatura em relação à influência das NETs na cardiotoxicidade induzida pela doxorrubicina. Nesse sentido, o primeiro objetivo deste projeto será identificar potenciais semelhanças e diferenças entre o quadro agudo e o crônico da cardiotocxicidade induzida pela doxorrubicina. Adicionalmente, analisaremos se a toxicidade resultante da doxorrubicina, tanto a aguda como a crônica, está associado com a presença de NETs e se há associação da netose com variáveis inflamatórias, do metabolismo energético cardíaco, do estresse oxidativo e da matrix extracelular cardíaca. Finalmente, pretendemos estabelecer relação de causa/consequência entre a netose e as alterações cardíacas induzida pela doxorrubicina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BATISTA, DIEGO FERNANDO; POLEGATO, BERTHA FURLAN; DA SILVA, RENATA CANDIDO; CLARO, RENAN TURINI; AZEVEDO, PAULA SHMIDT; FERNANDES, ANA ANGELICA; OKOSHI, KATASHI; DE PAIVA, SERGIO ALBERTO RUPP; MINICUCCI, MARCOS FERREIRA; ZORNORFF, LEONARDO ANTONIO MAMEDE. Impact of Modality and Intensity of Early Exercise Training on Ventricular Remodeling after Myocardial Infarction. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, v. 2020, JUL 20 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.