Busca avançada
Ano de início
Entree

Partidos, fraude e mobilização eleitoral entre 1889 e 1964

Processo: 18/23060-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2019 - 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Paolo Ricci
Beneficiário:Paolo Ricci
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Primeira República (1889-1930)  Era Vargas  Voto obrigatório 

Resumo

O projeto investiga duas dimensões da competição política: a) a disputa pelo controle da burocracia eleitoral; b) a disputa pelos eleitores. A primeira dimensão é pouco estudada e considera a competição pelo controle do que denominei de burocracia eleitoral, isto é, das fases eleitorais que vão do alistamento eleitoral até a diplomação dos candidatos pelo Congresso Nacional. No segundo caso, trato de entender como muda a relação entre eleitores e partidos. Estas duas dimensões são cruciais para entendermos o processo de democratização no Brasil entre 1889 e 1964. (AU)