Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção de cultivares comerciais de feijão comum para a biofortificação de ferro, zinco, cobre e manganês

Processo: 18/17397-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Sérgio Augusto Morais Carbonell
Beneficiário:Sérgio Augusto Morais Carbonell
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Alisson Fernando Chiorato ; Marcelo Antonio Morgano ; Sara Regina Silvestrin Rovaris ; Severino Matias de Alencar
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal  Biofortificação 

Resumo

A biofortificação do feijão é uma técnica que visa o aumento de teores de nutrientes e vitaminas em grãos, classificando-se em uma excelente estratégia para contornar o problema da desnutrição alimentar. Os objetivos deste projeto serão selecionar cultivares comerciais de feijão para biofortificação do grão pela quantidade de teores de ferro, zinco, cobre, manganês; avaliar a interação genótipo x ambiente e verificar como ocorre a absorção dos micronutrientes por meio de biacessibilidade dos minerais. Para isso, catorze cultivares comerciais de feijão de diferentes grupos de grãos e mais duas testemunhas comerciais, serão avaliadas em uma época de semeadura (águas) em Campinas, Votuporanga e Mococa-SP quanto aos seguintes caracteres: área foliar (AF) e massa seca da parte aérea (MS); teores de ferro (TFe), de zinco (TZn), de cobre (TCu) e manganês (TMn) e a bioacessibilidade dos micronutrientes. Os genótipos que apresentarem os maiores teores de ferro serão submetidos a bioacessibilidade dos minerais, a fim de verificar como ocorre a absorção desses minerais no corpo humano. O delineamento experimental utilizado será o de blocos casualizados, com três repetições. A parcela experimental será constituída por quatro linhas de 4 m de comprimento. Os dados dos ensaios serão submetidos às análises de variância e será realizada correlação de Pearson entre os caracteres avaliados para possibilitar uma seleção indireta. Para identificação das cultivares com maiores teores de nutrientes será utilizado o Teste de Scott e Knott a 5% de probabilidade. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.