Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo clínico e molecular da mutação DMRT3_chr23:g.22999655C>A em asininos e muares

Processo: 19/08143-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Paes de Oliveira Filho
Beneficiário:José Paes de Oliveira Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandre Secorun Borges
Assunto(s):Marcha  SNP 

Resumo

Os equídeos possuem diversos tipos de andamentos, dentre eles estão as marchas batida e picada. O controle dos membros para a realização destes movimentos é coordenado principalmente pelo gene DMRT3. Estudos demonstram, nos equinos, forte relação entre a qualidade da marcha e a mutação DMRT3_chr23:g.22999655C>A, havendo associação do genótipo homozigoto afetado (AA) com a marcha picada (lateralizada). Uma vez que a marcha de asininos e muares também pode ser classificada como batida ou picada e consequentemente possa ser associada à mutação DMRT3_chr23:g.22999655C>A e pela inserção destes animais na equideocultura e no agronegócio brasileiros, este estudo objetiva avaliar a relação desta mutação em asininos e muares. Inicialmente o mRNA do gene DMRT3 será sequenciado no jumento para se verificar a homologia deste gene entre as espécies asinina (Equus asinus) e equina (Equus caballus). Em seguida serão genotipados para a referida mutação 30 jumentos, utilizados comercialmente como reprodutores, e 180 muares. Espera-se ao final, verificar a relação do genótipo (CC, CA e AA) com o tipo da marcha e verificar a possível participação dos asininos na frequência alélica de muares. (AU)