Busca avançada
Ano de início
Entree

Poder e resistência: tradição e ruptura em discursos verbais e verbo-visuais

Resumo

O projeto que norteará as atividades da visitante no LAEL/PUC-SP, Profa. Dra. Marília dos Santos Amorim/Paris VIII/França, intitulado Poder e resistência: tradição e ruptura em discursos verbais e verbo-visuais e diretamente articulado ao projeto motivador da proposta de visita, Discursos de resistência: tradição e ruptura (descrito no documento específico), procurará, por meio das atividades de pesquisa a serem desenvolvidas ao longo da visita, examinar diferentes situações de discurso onde se identificam marcas de transformações históricas da nossa sociedade: na incongruência entre entonação e sentido, na ausência de elo e de sequência na interlocução e na indiferenciação entre posições enunciativas. Tais transformações apontam para nova forma de poder designada como totalitária não-autoritária, que opera por meio do apagamento da singularidade do sujeito e da promoção de uma memória indiferente. A abordagem construída para o exame e a interpretação das referidas situações baseiam-se na análise dialógica do discurso (ADD), advinda de Bakhtin e o chamado Círculo, considerando como integradas as dimensões linguística, enunciativa e discursiva, assim como as modalidades verbal, visual e verbo-visual. Essa perspectiva dialógica é completada por conceitos da filosofia contemporânea, como por exemplo o de condição pós-moderna, formulado por Jean-François Lyotard. O objetivo maior é, ao integrar-se ao projeto Discursos de resistência: tradição e ruptura, colaborar com seu desenvolvimento, explicitando, pela descrição, análise e interpretação, o tratamento verbo-visual gerado pelos diferentes planos de expressão que se imbricam no tecido discursivo da resistência pela linguagem. Os objetivos específicos estão voltados para a continuidade de uma tradição solidificada de pesquisa estabelecida entre a PUC-SP e Paris VIII/França, e mais diretamente entre a proponente e a visitante, por meio de visitas anteriores (realizadas no Brasil e na França), participação em projetos e grupos de pesquisa, seminário compartilhado por videoconferência completado por atuação presencial, publicações, etc. A partir desse princípio norteador, os objetivos específicos estão assim delineados: (i) demonstrar as especificidades da resistência linguístico-discursiva expressa por meio de diferentes gêneros; (ii) identificar marcas discursivas de novas formas de poder; (iii) analisar o funcionamento discursivo em contextos de tensão entre tradição e ruptura; (iv) elaborar conceitualmente o uso e a transposição de conceitos de Bakhtin e do Círculo para a análise de discursos verbo-visuais. Com a visitante em diálogo com os pesquisadores brasileiros de diferentes instituições, vertentes do conhecimento (Estudos da linguagem, Estudos bakhtinianos, Análise dialógica do discurso, Linguística Aplicada, Psicologia e Educação) grupos e projetos de pesquisa, espera-se promover o conhecimento interdisciplinar e interinstitucional, colaborando com as Ciências Humanas no Brasil e também na França, ao menos no que se refere à perspectiva dialógica, uma vez que os resultados serão motivo de algumas publicações nacionais e internacionais, conforme previsão da proponente e da visitante.Palavras-chave: Discursos de resistência; Estudos bakhtinianos; Perspectiva Dialógica; Discursos verbo-visuais; Tradição e ruptura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BETH BRAIT; MARILIA AMORIM. Ver com Palavras. DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, v. 36, n. 3, p. -, 2020.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.