Busca avançada
Ano de início
Entree

I seminário 'ocean literacy' e os objetivos do desenvolvimento sustentável

Processo: 19/16850-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 05 de setembro de 2019 - 07 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Ronaldo Adriano Christofoletti
Beneficiário:Ronaldo Adriano Christofoletti
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil

Resumo

Nesta proposta, apresentamos o I Seminário 'Ocean Literacy' e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável como um evento científico diverso e aberto à toda a sociedade, aproximando academia, governo local, organizações e cidadãos. A construção deste evento é um produto do projeto do Programa de Políticas Públicas FAPESP (2017/50220-8) (chamada FAPESP-Newton Fund) para integração de diferentes setores da sociedade na construção de políticas públicas. Desta forma, a apresentação de trabalhos não ocorre no formato tradicional como em congressos acadêmicos. Por se tratar de um evento de engajamento ciência e sociedade e com o lançamento de um documento da UNESCO sobre métodos para engajamento visando a Década dos Oceanos da ONU, os trabalhos a serem apresentados serão aqueles desenvolvidos por Universidades, ONGs e demais atores. A produção de conhecimento e a discussão científica são pilares para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação. Neste contexto, a interdisciplinaridade, a discussão e a divulgação científica para toda a sociedade são prioridades para o avanço científico inclusivo, de maior impacto e que atinja os desafios locais e globais. É cada vez mais comum em todo o mundo que os eventos científicos sejam amplos, diversos e com ações que integrem diferentes setores da sociedade. Promover ações transformadoras e que envolvam diferentes setores da sociedade contribuem não apenas com impactos imediatos, mas também contribuem para a melhoria da qualidade de vida das gerações futuras, além de despertar nos jovens o interesse pela carreira científica e demonstrar claramente a importância dos investimentos em Ciência, Tecnologia e Inovação. Assim, a educação, entendida como o desenvolvimento de habilidades e competências que tornem o cidadão o protagonista da busca pelo conhecimento e na proposição de soluções torna-se um investimento essencial, para todas as idades e classes sociais. (AU)