Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do clareamento dental associado a diferentes espessantes, dentifrícios e fluxos salivares sobre as propriedades físicas do esmalte dental

Processo: 18/24446-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Debora Alves Nunes Leite Lima
Beneficiário:Debora Alves Nunes Leite Lima
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Clareamento de dente  Dentística  Dentifrícios 

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar, in situ, as propriedades físicas do esmalte dental do Peróxido de Carbamida 10% (PC) associado a um Copolímero do Ácido Sulfônico (CPa) (Estudo I), avaliar in situ as propriedades físicas do esmalte dental submetido ao clareamento com peróxido de carbamida a 10% com espessante natrosol em pacientes com baixo fluxo salivar (Estudo II) e investigar in situ a efetividade de diferentes dentifrícios sobre o esmalte clareado associado com o baixo fluxo salivar (Estudo III). Os estudos utilizarão blocos de esmalte bovino (4x4mm, n=12) que serão aleatorizados entre 12 voluntários para o Estudo I e 24 voluntários para os Estudos II e III (12 com fluxo salivar reduzido e 12 com fluxo salivar normal). O Estudo I será composto por uma fase experimental de 15 dias. Os espécimes serão submetidos a diferentes tratamentos com os seguintes géis: Peróxido de Carbamida +Carbopol, Peróxido de Carbamida +Carbopol experimental, Peróxido de Carbamida + Aristoflex, Peróxido de Carbamida, Carbopol, Aristoflex e sem nenhum tratamento (grupo controle), que deverão ficar sobre os espécimes por um período de 4 horas.O estudo II será composto por 1 fase de 14 dias. Serão avaliados a ação de um gel experimental de peróxido de carbamida com o espessante natrosol e um gel comercial de peróxido de carbamida com o espessante carbopol. Os voluntários realizarão o clareamento dos blocos dentais pelo tempo de 4 horas por dia, durante 14 dias. Os espécimes serão armazenados in situ durante todo período experimental. O Estudo III será conduzido em 6 fases experimentais de 2 dias. Sob condições de fluxo salivar normal e reduzido, será avaliado a efetividade de dentifrícios com diferentes princípios ativos: NaF 1450 ppm F, SnF2 1450 ppm F, arginina 8%, vidro bioativo 5% e quitosana 0,5%. Após o clareamento, os espécimes retornarão ao meio bucal por 24 h. Nesse período, por 2 vezes os espécimes serão mantidos em contato com o dentifrício pelo tempo total de 45 segundos. Para os três estudos serão realizados os testes de microdureza (KHN), rugosidade (Ra), cor (Cie Lab). Para os Estudos II e III serão realizados as análises de microscopia eletrônica de varredura (MEV) e quantificação da proporção entre Ca/P através da espectroscopia de energia dispersiva por Raios-X (EDS). Os resultados obtidos serão submetidos ao teste estatístico adequado, com nível de significância de 5%. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.