Busca avançada
Ano de início
Entree

Salvaguardando serviços de polinização em um mundo em mudança: teoria na prática (SURPASS2)

Processo: 18/14994-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2019 - 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Convênio/Acordo: Comisión Nacional de Investigación Científica y Tecnológica (CONICYT) ; CONICET ; NERC, UKRI ; Newton Fund - LATAM ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Mauro Saraiva
Beneficiário:Antonio Mauro Saraiva
Pesq. responsável no exterior: Francisco E. Fonturbel
Instituição no exterior: Pontificia Universidad Católica de Valparaíso (PUCV), Chile
Pesq. responsável no exterior: Marcelo Adrian Aizen
Instituição no exterior: Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina
Pesq. responsável no exterior: Matthew Heard
Instituição no exterior: Centre for Ecology & Hydrology, Wallingford (CEH), Inglaterra
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Kayna Agostini ; Tiago Mauricio Francoy
Pesq. associados: Allan Koch Veiga ; Andre Rodrigo Rech ; Betina Blochtein ; Bruno de Carvalho Albertini ; Charles Fernando dos Santos ; Etienne Américo Cartolano Júnior ; Isabela Galarda Varassin ; Leandro Freitas ; Marcia Motta Maues ; Marina Wolowski Torres ; Natalia Pirani Ghilardi-Lopes
Auxílios(s) vinculado(s):19/13235-2 - 46th Congresso Internacional de apicultura - APIMONDIA, AR.EXT

Resumo

Os polinizadores têm um papel essencial na reprodução de espécies vegetais em áreas preservadas e na produção agrícola. O conhecimento sobre sua distribuição espacial e temporal é de extrema importância para a conservação e uso sustentável da biodiversidade e pode ser gerado a partir de registros de ocorrência das espécies obtidos em inventários em campo. A disponibilização online desses dados tem crescido rapidamente e com ela nota-se a existência de lacunas de conhecimento, com regiões e táxons sub-amostrados, requerendo um maior esforço de coleta de dados, o que pode ser alcançado com a colaboração de cidadãos devidamente capacitados para a tarefa (cientistas cidadãos). Dados digitalizados e online de interações entre espécies, como as interações planta-polinizador, são ainda mais incipientes, apesar de serem de grande importância para o entendimento das relações e processos biológicos. Isso se deve à complexidade inerente dos dados de interações, que se reflete ainda na falta de um padrão para sua representação, ao contrário do que ocorre com dados de ocorrências, que possuem um padrão de dados internacionalmente bem estabelecido, o Darwin Core. Para atacar essas questões, este projeto propõe: a) desenvolver um padrão para a digitalização de dados de interações planta-polinizador, que facilite o compartilhamento, reuso e agregação de dados; b) desenvolver um sistema de informação sobre interações planta-polinizador a partir desse padrão; c) gerar um diagnóstico das interações planta-polinizador no Brasil e d) identificar lacunas de conhecimento. Propõe ainda desenvolver um programa de ciência cidadã para polinizadores, incluindo: a) desenvolver um aplicativo e sistema apropriados para a coleta de dados para registro e monitoramento de polinizadores; b) avaliar a qualidade dos dados gerados; c) avaliar os ganhos de conhecimento dos cidadãos participantes; e d) criar uma rede Latino Americana sobre os temas de interações planta-polinizador e ciência cidadã para polinizadores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (2 total):
Projetos colaborativos buscam compreender papel da biodiversidade na América Latina 
Projetos colaborativos buscam compreender papel da biodiversidade na América Latina 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.