Busca avançada
Ano de início
Entree

Comprovação da efetividade de nanopartículas lipídicas carreadoras de fitoesteróis livres na redução de colesterol

Processo: 18/22025-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Valeria da Silva Santos
Beneficiário:Valeria da Silva Santos
Empresa:Cognita Soluções em Tecnologia da Informação Ltda
CNAE: Fabricação de alimentos para animais
Fabricação de produtos alimentícios não especificados anteriormente
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: Espírito Santo do Pinhal
Pesq. associados: Mayanny Gomes da Silva
Bolsa(s) vinculada(s):19/19374-4 - Comprovação da efetividade de nanopartículas lipídicas carreadoras de fitoesteróis livres na redução de colesterol, BP.PIPE

Resumo

Fitoesteróis são compostos de origem vegetal que apresentam semelhança estrutural com o colesterol, deste modo a bioatividade dos fitoesteróis reside na redução dos níveis de colesterol, através de mecanismo de competição em absorção, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares. Os fitoesteróis atuam na redução do colesterol LDL circulante em humanos. Para ter uma diminuição significativa nos níveis de colesterol LDL, entre 1,5-2,0 g de fitoesteróis precisam ser consumidos, o que não é possível sem medicamentos ou alimentos funcionais. Entretanto, os fitoesteróis na forma nativa, chamados de fitoesteróis livres (FL) apresentam elevada cristalinidade, o que dificulta aplicações em alimentos, principalmente em termos de estabilidade física dos produtos, comprometendo características de textura e shelf life. A utilização de nanotecnologia em alimentos, mostra-se promissora para promover a incorporação de FL para redução do colesterol, grande problema de saúde pública. Aliando agregação de funcionalidade aos alimentos e a inovação tecnológica, foi concebido o projeto de desenvolvimento de ingredientes capazes de carrear FL nos alimentos, de forma estável e eficaz. Para isso, foram utilizadas matérias-primas presentes na nossa alimentação e no cenário industrial, óleos e gorduras comestíveis, considerados GRAS (Generally recognized as safe), associadas a um método de produção que faz o uso de tecnologia green, sustentável e escalável. Estes ingredientes são nanopartículas lipídicas responsáveis pela solubilização facilitada dos FL. Testes preliminares realizados mostraram que a produção deste ingrediente é possível e sua aplicação no carreamento de FL foi confirmada. Estas informações foram utilizadas para obtenção da patente (BR1020170064719), porém existem desafios científicos a serem superados. Pontos-chave deste projeto de viabilidade são: (a) avaliação da citotoxicidade das nanopartículas desenvolvidas com óleos e gorduras vegetais in vitro e (b) avaliação de eficácia das nanopartículas carreadoras de FL na redução de colesterol em experimentos in vivo. Sem estas avaliações não existe viabilidade do produto, pois é necessário, comprovar que as nanopartículas não apresentam risco à segurança alimentar, mesmo que desenvolvidas com matérias-primas convencionais, e se os FL carreados nas nanopartículas são eficazes na redução do colesterol. Nesta fase do projeto, a produção e caracterização das nanopartículas serão realizadas pela empresa através de parcerias com UNICAMP (detentora da patente) e pela contratação de serviços de terceiros. Espera-se, através dos experimentos in vitro e in vivo que as nanopartículas não apresentem toxicidade por serem desenvolvidas com matérias-primas convencionais e que os FL veiculados nas nanopartículas atuem na redução do colesterol de forma efetiva. Deste modo, será contornado um problema tecnológico de aplicação de FL, visando agregar funcionalidade aos alimentos, fornecer os benefícios aos consumidores, com possibilidade de aplicação em diferentes alimentos. Uma vez que, estes resultados forem confirmados, o próximo passo para sucesso da comercialização das nanopartículas torna-se significativamente elevada devido à sua proposta de valor única. A empresa é uma startup, a constituir, com base na comercialização destes ingredientes para aplicações na indústria de alimentos. A tecnologia é muito flexível com ampla possibilidade de expansão para outros setores (nutrição animal, fármacos e cosméticos). Além de proteção e carreamento de outros compostos funcionais (vitaminas, hormônios, ômegas-3, etc). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.