Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do tamanho de gotas e adjuvantes na deposição e otimização da dose de herbicida com ênfase na redução da deriva

Processo: 19/00533-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2019 - 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Evandro Pereira Prado
Beneficiário:Evandro Pereira Prado
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Dracena. Dracena , SP, Brasil

Resumo

Maximizações da eficiência de controle, com o mínimo possível de contaminação ambiental e de forma econômica são os maiores desafios de profissionais envolvidos na aplicação de produtos fitossanitários. Essa pesquisa tem como objetivo verificar como tamanho de gotas (experimento 1); adjuvantes agrícolas e chuva simulada (experimento 2) podem afetar a deposição e a fitotoxicidade na aplicação de herbicidas em plantas daninhas. A verificação dos depósitos da pulverização será realizada pela pulverização do corante alimentício Azul Brilhante na concentração de 1,5 g L-1 associado com herbicida em espécies de planta daninhas com diferentes características morfológicas. Os valores de deposição em mL g-1 de matéria seca da parte aérea (MSPA) serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste SNK (p<0,05). Para análise de uniformidade da deposição, os dados serão ajustados à análise de regressão pelo modelo Logístico. Para verificar o efeito das diferentes técnicas de aplicação na fitotoxicidade das plantas será pulverizado herbicidas nas concentrações de 9D; 3D; D; 1/3D; 1/9D; 1/27D; 1/81D e 0D da dose comercial D registrada para cada espécie. As avaliações serão constituídas pela porcentagem visual de fitotoxicidade e da MSPA. Com os dados serão elaboradas as curvas dose-resposta utilizando o modelo log-logístico calculado por modelo estatístico não linear através do programa estatístico R. Os tratamentos serão comparados pelos valores de C50 (dose necessária par reduzir 50% da MSPA ou causar 50% de fitotoxicidade). A influencia da chuva simulada será avaliada pela fitotoxicidade visual e MSPA sendo as médias dos tratamentos comparadas pelo teste SNK a 5% de probabilidade. Todos os experimentos serão realizados em duplicata para assegurar maior confiabilidade dos resultados. (AU)