Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação relativa de enzimas DNA-topoisomerase em linhagens celulares: estreitamento da correlação citotoxicidade-mecanismo de ação de compostos de coordenação

Processo: 19/11242-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Fillipe Vieira Rocha
Beneficiário:Fillipe Vieira Rocha
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Compostos de coordenação  Citotoxicidade 

Resumo

As enzimas DNA-Topoisomerases destacam-se como alvos farmacológicos relevantes contra o câncer, devido a sua grande importância em diversos processos nucleares. Na literatura é relatado que certos tipos de câncer possuem uma superexpressão das enzimas topoisomerase I² (TOPO1B) e II± (TOPO2A), no entanto, poucos trabalhos apresentam comprovações experimentais. Deste modo, o objetivo deste projeto é determinar a quantidade relativa da enzima Topo II± pelas técnicas de Western Blot e ELISA em diferentes linhagens celulares: MDA-MB-231 (tumoral de mama metastática), MCF7 (tumoral de mama), DU 145 (tumoral de próstata), A549 (tumoral de pulmão), A2780cis (tumoral de ovário resistente a cisplatina), MCF10A (não-tumoral de mama), PNT2 (não-tumoral de próstata), MCR5 (não tumoral de pulmão). Adicionalmente, pretende-se sintetizar, caracterizar e avaliar a citotoxicidade e a capacidade de inibir a ação de TOPO1B e TOPO2A de um grande número de compostos de coordenação com diferentes íons metálicos (Pd2+, Pt2+ e Ag+). Para os compostos com resultados mais promissores, investigaremos suas influencias no ciclo e morte celular. Para determinar a concentração dos íons metálicos em meio intracelular, a análise de ICP-MS poderá ser realizada. Diante destes resultados, esperamos fazer uma forte correlação entre os ensaios de citotoxicidade, inibição da enzima alvo, quantidade de enzima em cada tipo de célula e o mecanismo de ação dos compostos. Possibilitando nossos trabalhos alcançarem outro patamar científico. (AU)