Busca avançada
Ano de início
Entree

Sentidos e significados da ortodoxia e da heterodoxia positivista entre portugueses e brasileiros (1870-1910)

Processo: 19/09647-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Adalmir Leonídio
Beneficiário:Adalmir Leonídio
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ortodoxia  Positivismo  Brasil  Heterodoxia 

Resumo

Os poucos estudos que se referem ao tema adotam como modelo interpretativo a ideia segundo a qual em Portugal teria predominado um positivismo heterodoxo, enquanto no Brasil teria predominado a ortodoxia comteana, posições que se buscará rever neste trabalho. Elucidar este problema da ortodoxia\heterodoxia positivista ajudará a entender, de certo modo, o caráter conciliador, difuso e persistente da cultura positivista em nossa atualidade. Portanto, esta pesquisa estará baseada na análise de uma ampla gama de fontes históricas, compostas em geral por textos escritos por intelectuais portugueses e brasileiros entre 1870 e 1910. Estará baseada igualmente no chamado método crítico-histórico, que consiste, em suma, em relacionar os documentos com o contexto em que foram escritos. Ela se justifica, primeiramente porque não existem estudos comparados no que se refere ao fenômeno do positivismo em Portugal e no Brasil, apesar das inúmeras e evidentes conexões existentes entre os dois positivismos. (AU)