Busca avançada
Ano de início
Entree

Assistente virtual para gestantes: acompanhamento da atividades físicas

Processo: 19/03984-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de setembro de 2019 - 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Gleici da Silva Castro Perdoná
Beneficiário:Gleici da Silva Castro Perdoná
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Dalmo Roberto Lopes Machado
Assunto(s):Tecnologias da saúde  Inteligência artificial  Internet das coisas  Dispositivos móveis  Gravidez  Atividade física  Estudos de avaliação 

Resumo

O potencial da Internet das Coisas (do inglês, Internet of Things- IOT) para o gerenciamento da saúde individual já vem sendo explorado e pode ser utilizado para outros fins, como, por exemplo, no caso do monitoramento da atividade física em gestantes. O "Assistente Virtual para Gestantes" é uma proposta de integrar diferentes áreas do conhecimento para obter melhores resultados sobre a Atividade Física da gestante, superando a assertiva demostrada em pesquisas anteriores, que existe uma grande dificuldade na análise da quantificação da duração das atividades físicas diárias nas gestantes.O objetivo do projeto é desenvolvimento de um assistente virtual, em língua portuguesa, com exemplos de funcionalidades de gestão da saúde, para monitoramento de medida da atividade Física para gestantes atendidas pelo SUS na cidade de Ribeirão Preto-SP. Os métodos utilizados serão desenvolvidos em duas etapas que, incluem a construção de instrumento indireto para quantificar a atividade física, e a construção do assistente virtual para o monitoramento e validação do instrumento. Espera-se que utilização de ferramentas tecnológicas (no caso, de um assistente virtual), por ser uma rotina na vida das pessoas atualmente, contribua como uma ferramenta para coleta e processamento de dados de forma rápida, barata e consistente, subsidiando a integração de dados entre a gestante e unidades de saúde, contribuindo para o cuidado da gestante via medicina familiar; proporcionando melhoria da qualidade e segurança no atendimento da gestante. O fim deste projeto culmina com a finalização de um doutorado e de uma iniciação científica no tema estudado. (AU)