Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento pós-avançado para o melhoramento da qualidade dos componentes de engenharia impressos em 3D

Processo: 19/08926-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Convênio/Acordo: Texas A&M University
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Reginaldo Teixeira Coelho
Beneficiário:Reginaldo Teixeira Coelho
Pesq. responsável no exterior: Wayne Nguyen Hung
Instituição no exterior: Texas A&M University, Estados Unidos
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/11309-0 - Estudo, desenvolvimento e aplicação de processo híbrido: Manufatura Aditiva (Ma) + High Speed Machining/Grinding (HSM/G), AP.TEM
Assunto(s):Impressão tridimensional  Retificação  Peças metálicas  Prensagem isostática a quente  Polimento (engenharia mecânica)  Cooperação internacional 

Resumo

A pesquisa objetiva melhorar a qualidade de peças metálicas obtidas por impressão 3D em ligas de aço e de Inconel. Adicionalmente, a pesquisa irá expandir seu escopo incluindo estudos de confiabilidade e promovendo experiência para estudantes dos programas de pós-graduação de ambas instituições. No primeiro ano os defeitos de superfície e volumétricos encontrados em peças obtidas por impressão 3D serão eliminados por pós-processamento usando o processo de pressão isostática a quente, o que leva a um fechamento de poros internos, depois a retificação e o polimento como processos complementares que melhorarão o acabamento superficial e a precisão dimensional. Uma microestrutura sem defeitos, ao nível micrométrico, tanto interna quanto externamente confirmará o sucesso do presente projeto. Duas viagens recíprocas dos dois PIs e seus respectivos estudantes de Doutorado serão planejadas para balancear a divisão de tarefas, usando os equipamentos complementares das duas instituições. Os resultados obtidos serão compartilhados com as empresas interessadas e apresentadas em reuniões científicas de primeira qualidade e alto índice de impacto nos dois países. Recursos adicionais serão buscados em ambos países junto a instituições com FAPESP, no Brasil e NSF, nos EUA para projetos mais ambiciosos e com maiores prazos e aprofundamentos científicos. Na continuação das pesquisas nesse tema deverão ser abordados aspectos como confiabilidade de peças obtidas por impressão 3D em metais e treinamento de estudantes de pós-graduação nos dois países. (AU)