Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do mecanismo apoptótico de extratos vegetais em células de adenocarcinoma de mama MCF-7 e MDA-MB-231 e células normais MCF-10A

Processo: 18/21278-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Ivana Barbosa Suffredini
Beneficiário:Ivana Barbosa Suffredini
Instituição-sede: Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Paulista (UNIP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Anuska Marcelino Alvares Saraiva
Assunto(s):Citometria de fluxo  Produtos naturais  Extratos vegetais  Apoptose  Neoplasias mamárias 

Resumo

O câncer de mama é o tipo de neoplasia que acomete a maior parte da população mundial feminina, e no Brasil, depois do câncer de pele não-melanoma. Extratos de plantas da Amazônia têm sido triados para a realização de ensaios in vitro para descoberta de agentes citotóxicos contra doenças como o câncer de mama. A resistência de células tumorais a apoptose é uma característica essencial para o desenvolvimento do câncer. Muitos dos mecanismos de controle de crescimento celular estão ligados a apoptose. Em estudo anterior, 15 extratos brutos obtidos de triagem realizada anteriormente induziram células MCF-7 a apoptose em Aguiar (2017). Dessa forma o objetivo do trabalho é fracionar esses extratos avaliar as frações de modo a identificar o grupo químico indutor de apoptose nas células MCF-7. A avaliação de morte celular será realizada utilizando os marcadores Anexina V e 7-AAD e o de ciclo celular utilizando o marcador 7-AAD, para determinar em qual fase do ciclo mitótico o crescimento celular será interrompido, ambos por citometria de fluxo. O teste de Wound helaing permitirá uma análise qualitativa de migração das células tumorais e a determinação do percentual de migração celular de acordo com o tempo e a concentração de cada tratamento, sendo possível visualizar o efeito que cada tratamento induzirá nas células. O ensaio de expressão gênica para os genes Bax, Bid, Bcl-2, Mcl-1 e p53 será realizado para identificar a atividade metabólica que cada grupo químico exercerá sob os genes, pró e anti-apoptóticos, envolvidos no processo de apoptose. O ensaio imunoenzimático para caspases 3, 8 e 9 quantificará, de forma absoluta, as proteínas envolvidas no processo de sinalização e metabolismo celular no contexto apoptótico intrínsecos causado pelos grupos químicos. O estudo nos permite a possibilidade de encontrar, pela primeira vez, um grupo químico isolado da que apresentou melhor atividade indutora de apoptose como potencial terapêutico contra o câncer de mama. (AU)