Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma plataforma integrada para gestão da produtividade florestal

Processo: 19/00712-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Manejo Florestal
Pesquisador responsável:Eduardo Moré de Mattos
Beneficiário:Eduardo Moré de Mattos
Empresa:4tree Agroflorestal Ltda
CNAE: Atividades de apoio à produção florestal
Município: Piracicaba
Pesquisadores principais:Arthur Vrechi
Vinculado ao auxílio:17/00788-8 - Desenvolvimento de uma plataforma computacional para gestão da produtividade florestal, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):19/22908-0 - Desenvolvimento em TI de uma plataforma integrada para gestão da produtividade florestal, BP.TT
19/22982-6 - Desenvolvimento de banco de dados e back-end de uma plataforma integrada para gestão da produtividade florestal, BP.TT
19/22952-0 - Desenvolvimento de uma plataforma computacional para gestão da produtividade florestal: fase 2, BP.PIPE
Assunto(s):Mudança climática  Big data  Gestão de riscos 

Resumo

A indústria de base florestal, que responde por cerca de 6,1% do PIB industrial e investe cerca de R$ 3,2 bi/ano em plantios florestais no Brasil, apresenta uma demanda crescente pela otimização dos custos de plantios florestais comerciais, onde os ganhos e a manutenção dos patamares de produtividade tem sido fatores decisivos para manter a competitividade deste setor no Brasil e no mundo.Impactos cada vez mais frequentes relacionados às oscilações climáticas e ocorrência de pragas e doenças, especialmente em zonas de fronteira, ampliam o risco dos e apontam a necessidade de soluções que permitam monitorar e gerenciar áreas extensas, trazendo agilidade nas tomadas de decisão e predição da produtividade e também deem credibilidade e transparência à investidores e gestores.Dessa forma, este projeto tem como objetivo desenvolver uma plataforma integrada, consolidando bases de dados, ferramentas científicas e analíticas e de tecnologia da informação para a gestão da produtividade em plantios florestais, que seja capaz de atuar na predição de produtividade em diferentes cenários, simular e propor práticas de manejo que aumentem a produtividade florestal dentro de bases sustentáveis e gerar indicadores e informações para suportar o planejamento e ações nos níveis estratégico, tático e operacional em negócios de base florestal.A plataforma integra um modelo espacializado para simulação da produção florestal, baseado no 3-PG (Landsberg & Waring, 1997) com uma base de dados robusta e abrangente (no tempo e no espaço), composta por fontes de Big Data diversas, contemplando informações climáticas, edáficas, fisiológicas, produção florestal e sensoriamento remoto. Ainda, a plataforma integra soluções analíticas estatísticas, de gerenciamento de risco (como o método de Monte Carlo), indicadores operacionais e de sustentabilidade, em uma plataforma digital de fácil acesso e usabilidade. (AU)