Busca avançada
Ano de início
Entree

O mecanismo primário de tolerância ao estresse abiótico facilitado pelos genes rol

Processo: 19/08846-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2019 - 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Convênio/Acordo: University of Copenhagen
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Ivan de Godoy Maia
Beneficiário:Ivan de Godoy Maia
Pesq. responsável no exterior: Henrik VlK Lütken
Instituição no exterior: University of Copenhagen, Dinamarca
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Instituição parceira: University of Copenhagen
Pesq. associados:Bruno Trevenzoli Favero
Vinculado ao auxílio:17/25139-2 - Os transportadores de dicarboxilato (DICs) e as proteínas mitocondriais desacopladoras (UCPs) como alvos para o aumento da tolerância das plantas aos estresses abióticos, AP.R
Assunto(s):Genética vegetal  Biologia molecular vegetal  Flavonoides  Espécies de oxigênio reativas  Estresse abiótico  Carreadores mitocondriais  Expressão gênica  Kalanchoe  Cooperação internacional 

Resumo

A presente proposta pretende investigar o envolvimento de genes rol de Agrobactéria na tolerância a estresses abióticos e a potencial relação destes com os carreadores mitocondriais. Diferentes abordagens serão empregadas para determinar o acúmulo de flavonoides e espécies reativas de oxigênio bem como de mudanças globais na expressão de genes em plantas de Kalanchoë transformadas com as construções 35S::rolC e 35S::rolB. (AU)