Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturação, contexto comunitário e mobilização política entre tipos de empreendedores: um estudo nos "centros velhos" de São Paulo e Sorocaba

Processo: 19/08403-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Setores Específicos
Pesquisador responsável:Anderson de Souza Sant Anna
Beneficiário:Anderson de Souza Sant Anna
Instituição-sede: Escola de Administração de Empresas (EAESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bricolage  Empreendedorismo 

Resumo

Não obstante ênfase crescente na relação entre empreendedores e seu contexto social registram-se poucas pesquisas que analisam as formas pelas quais empreendedores reagem e moldam as comunidades nas quais operam. Quase não há pesquisas sobre como os empreendedores participam da vida política de suas comunidades, especialmente no Brasil. A presente proposta visa expandir em estudos anteriores dos pesquisadores, envolvendo análise de tipos de empreendedores e desenvolvimento comunitário, de modo a considerar a relação com mobilização política e desenvolvimento comunitário nos centros antigos de São Paulo e Sorocaba. Pesquisas anteriores sugeriram que as diferenças no contexto da comunidade favorecem o surgimento de diferentes tipos de empreendedores, que por sua vez afetam o desenvolvimento da comunidade de maneiras muito diferentes. Esses diferentes tipos apresentavam diferentes estratégias de negócios e favoreciam abordagens muito diferentes para o desenvolvimento econômico e social da comunidade. Este estudo anterior observou que o grau de motivação política e o envolvimento de diferentes tipos variaram significativamente, mas não examinaram os detalhes de seu envolvimento político e coletivo. Ao estender essa pesquisa para áreas centrais de cidades industriais em São Paulo e enfocando a mobilização e envolvimento da comunidade, temos a chance de obter uma percepção prática e teórica maior do papel que os empreendedores podem desempenhar no desenvolvimento e revitalização da comunidade. (AU)