Busca avançada
Ano de início
Entree

Melatonina e performance física: da ergogenia à aceleração do reparo músculo esquelético pós dano induzido por exercício físico

Processo: 19/08148-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2019 - 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Wladimir Rafael Beck
Beneficiário:Wladimir Rafael Beck
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Anabelle Silva Cornachione
Assunto(s):Melatonina  Natação  Ratos  Fisiologia do exercício 

Resumo

Melatonina é uma indolamina anfifílica e ubíqua produzida principalmente pela glândula pineal e com clássica associação à cronobiologia, mas que possui ação anti-inflamatória, antioxidante, inibe peroxidação lipídica, é relevante na proteção ao dano tecidual, modula os substratos/estoques energéticos assim como atividade de componentes da cadeia de transporte de elétrons mitocondrial, apresentando relevante papel sobre o metabolismo intermediário. Observando que essas propriedades têm chamado atenção de cientistas do esporte na atualidade, a presente proposta pretende conduzir duas etapas de experimentos. Na primeira etapa buscaremos identificar o papel do metabolismo intermediário no efeito ergogênico encontrado sob administração da melatonina. Apesar de haver evidências do caráter ergogênico da melatonina endógena e exógena para exercício exaustivo de longa duração, muito pouco se sabe a respeito dos mecanismos fisiológicos envolvidos. Na segunda etapa o organismo será exposto a melatonina exógena após a realização de uma sessão de exercício físico de carga elevada, afim de verificar a influência da melatonina sobre o processo de reparo muscular esquelético após dano induzido pelo exercício físico. Dessa maneira, a presente proposta contemplará investigações de relevância clínica e científica, buscando aprofundar o conhecimento a respeito da participação da melatonina em mecanismos fisiológicos envolvendo tecido muscular esquelético. (AU)