Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência das ameaças de gênero e do comportamento de superação na satisfação do trabalho e na família de empreendedoras

Processo: 19/10009-1
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2020 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Pesquisador responsável:Vânia Maria Jorge Nassif
Beneficiário:Vânia Maria Jorge Nassif
Instituição Sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Memorial. São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Cândido Vieira Borges Jr ; Edmilson de Oliveira Lima ; Jefferson Lopes La Falce ; Marcos Hashimoto
Auxílios(s) vinculado(s):22/06508-5 - 82nd Annual Meeting of the Academy of Management, AR.EXT
Assunto(s):Empreendedorismo  Mulheres trabalhadoras  Superação  Satisfação no trabalho  Família 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ameaças Empreendedoras | Comportamento de Superação | Empreendedorismo | Escala de Ameaças | Gênero | Satisfação no Trabalho e na Família | Empreendedorismo

Resumo

A pesquisa tem por objetivo investigar a influência das ameaças de gênero e do comportamento de superação na satisfação no trabalho e na família de empreendedoras. Duas pesquisas de natureza qualitativa antecederam este projeto e propiciaram o desenvolvimento de uma tipologia de ameaças vivenciadas por mulheres empreendedoras e os comportamentos de superação frente aos negócios. É importante dizer que esses projetos foram apoiados pela FAPESP nº 2013/05928-1 (2013-2015) e nº 2015/25970-8 (2016-2018). Continuando os estudos anteriores, esta pesquisa propõe a construção e validação de uma escala de ameaças empreendedoras e teste de modelo de equação estrutural para avaliação da influência proposta, seguindo a lógica dos nove passos de DeVellis (2016). Trata-se de uma pesquisa qualitativa e quantitativa, de natureza exploratória e descritiva cujos resultados serão tratados por meio de análise de conteúdo (Bardin, 1977) e de técnicas estatísticas multivariadas (Hair et al., 2014). Após a construção do instrumento, este será validado junto a uma amostra de mulheres empreendedoras. Essas mulheres são engajadas na Rede de Mulheres Empreendedoras - RME, disseminada por todo o Brasil. A RME tem base São Paulo e conta, aproximadamente, com 50 mil empreendedoras cadastradas. A construção do instrumento e do modelo trará contribuições ao identificar o potencial das ameaças acometidas no empreendedorismo por mulheres e a influência na satisfação das empreendedoras na família e com o trabalho. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Estudios sobre las amenazas a emprendedoras se abocan sobre los aspectos afectivos de los negocios 
Os negócios e seus perigos 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)