Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma análise multigênica e morfológica expande a diversidade do camarão marinho Xiphopenaeus Smith, 1869 (Decapoda: Penaeidae), com descrições de duas novas espécies

Processo: 19/20032-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de novembro de 2019 - 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Rogério Caetano da Costa
Beneficiário:Rogério Caetano da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Penaeidae  Morfologia  Taxonomia  Biologia molecular 

Resumo

Após permanecer estável por quase um século, a história taxonômica do gênero Xiphopenaeus tem sido marcada por muitas mudanças nas últimas três décadas. O status taxonômico da espécie do Atlântico permanece mal resolvido, e mais de uma espécie ainda são agrupadas como espécies crípticas. No presente estudo empregamos uma abordagem integrativa para definir as espécies de Xiphopenaeus e os caracteres morfológicos necessários para diferenciá-las. No presente estudo, combinamos a análise de dois marcadores moleculares (COI e 16S rDNA), microscopia eletrônica de varredura e microscopia óptica. A partir de espécimes de 17 localidades dos oceanos Atlântico e Pacífico, foram detectados cinco grupos geneticamente distintos, três no Atlântico (A1, A2 e A3) e dois no Pacífico (P1 e P2). Os caracteres sexuais secundários dos machos foram capazes de diferenciar quatro dos cinco grupos genéticos. O grupo A1 corresponde a X. kroyeri, e A2 e A3 correspondem a novas espécies. Nós redescrevemos o gênero e duas novas espécies são descritas e ilustradas: Xiphopenaeus dincao nov. sp. (A2) e Xiphopenaeus baueri nov. sp. (A3). Uma vez que o holótipo de Xiphopenaeus riveti não foi localizado e o espécime analisado do grupo P2 foi uma fêmea, o status taxonômico de Xiphopenaeus no Pacífico permanece não resolvido. (AU)