Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento geo-espacial de streams de internet das coisas na agricultura digital: sistemas de bancos de dados de atores

Processo: 19/07470-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2019 - 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: University of Copenhagen
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Claudia Maria Bauzer Medeiros
Beneficiário:Claudia Maria Bauzer Medeiros
Pesq. responsável no exterior: Marcos Antonio Vaz Salles
Instituição no exterior: University of Copenhagen, Dinamarca
Instituição-sede: Instituto de Computação (IC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Instituição parceira: University of Copenhagen
Pesq. associados:Julio Cesar dos Reis ; Yongluan Zhou
Vinculado ao auxílio:13/08293-7 - CECC - Centro de Engenharia e Ciências Computacionais, AP.CEPID
Assunto(s):Internet das coisas  Banco de dados  Sistemas de banco de dados orientado a atores  Agricultura digital  Sensores  Fluxo de dados  Cooperação internacional 

Resumo

Sistemas IoT (Internet of Things) estão crescendo em importância em todo o mundo, devido ao aumento constante no uso de sensores em muitas situa coes, e o aumento de serviços de redes 4G e 5G. Exemplos de aplicações incluem lares inteligentes, saúde ou agricultura digital, dentre outros. Ha, no entanto, inúmeros desafios de pesquisa para que se possa aproveitar todo o potencial dessa tecnologia, incluindo aspectos de modelagem de aplicações, construção de soluções escaláveis, gerenciamento de streams de dados, protocolos de comunicação ou location-awareness. O objetivo deste projeto é explorar a adoção de sistemas de bancos de dados de atores para dar apoio a modelagem e implementação escalável de sistemas IoT. Os proponentes vem colaborando desde 2018, em um projeto em modelos de atores, apoiado pela Danish Agency for Science and Higher Education, que irá terminar em dezembro de 2019. Esta proposta visa estender tal colaboração, para avançar na direção de soluções de alguns desafios encontrados na pesquisa em andamento e que estão fora do escopo daquela pesquisa. Os resultados serão aplicados ao domínio de agricultura digital, em que ambos os lados tem experiência. Alem dos objetivos científicos, pretendemos preparar a bases para um projeto de maior envergadura, de longo prazo, envolvendo pesquisa dirigida por dados, usando workshops do projeto para envolver outros parceiros, a fim de submeter tal projeto ao Horizon Europe e/ou a linha Temáticos da FAPESP. (AU)