Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da radiação circunsolar na medida da irradiância solar difusa monitorada pelo método do anel de sombreamento MEO

Resumo

A irradiância solar difusa é um importante parâmetro meteorológico para diversos setores do conhecimento, com aplicações em modelos de previsão do tempo, em plasticultura e em estudos de luminância de ambientes. Dentro da área de engenharia térmica, por questões financeiras, utiliza-se a irradiância solar difusa para se estimar a irradiância solar direta. A irradiância solar direta, usada na validação de modelos de eficiência energética de coletores solares e módulos fotovoltaicos, requer um aporte financeiro elevado na aquisição do sensor e do sistema de rastreamento solar, inviabilizando sua medida de rotina em muitas estações meteorológicas. Uma solução, então, é medir as irradiâncias solares global e difusa, que não requerem elevado investimento financeiro, e estimar a irradiância solar direta por diferença. O método mais vantajoso financeiramente para medida da irradiância difusa é o método do anel de sombreamento. No entanto, sua desvantagem é a aplicação de fatores de correção em função da parcela do hemisfério celeste obstruído pelo anel. São duas correções: uma geométrica, que depende de aspectos construtivos (largura e raio do anel) e geoespaciais (latitude e declinação solar) e outra atmosférica, que depende da cobertura de céu. Portanto, o projeto visa verificar qual é o impacto que diferentes dimensões para a largura e raio do anel podem acarretar nas correções atmosféricas, visto que se espera que a radiação circunsolar, obstruída pelo anel, possa apresentar valores distintos para diferentes larguras do anel. Dessa forma, espera-se melhorar a precisão do método de medida da irradiância solar difusa. (AU)