Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de recursos da tecnologia da informação para monitorar a qualidade da assistência à saúde em serviços de estimulação cardíaca artificial do estado de São Paulo

Resumo

Propósito do Estudo: Nos últimos anos, a busca pela qualidade e eficiência dos serviços de saúde tem impulsionado a criação e a padronização de indicadores que possam auxiliar na interação entre especialistas, pesquisadores e gestores de saúde, possibilitando a geração de evidências para orientar ações estratégicas. Desse modo, a presente proposta tem por finalidade a implementação de um registro prospectivo multicêntrico de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis (DCEI), fazendo uso de recursos tecnológicos de última geração para garantir a qualidade da coleta e armazenamento de dados de acordo com os padrões internacionais, com a finalidade de realizar o monitoramento de indicadores de qualidade da prática assistencial em serviços de Estimulação Cardíaca Artificial do Estado de São Paulo. Métodos: Trata-se de um registro prospectivo multicêntrico com dados derivados da prática assistencial que serão coletados em três momentos distintos: (1) na internação hospitalar índice, ou seja, no episódio hospitalar que se refere ao procedimento cirúrgico de implante ou reoperação do dispositivo cardíaco; (2) trinta dias após a alta hospitalar e, (3) um ano após o procedimento cirúrgico. Participarão da proposta 9 hospitais especializados em Estimulação Cardíaca Artificial do estado de São Paulo. Para a definição dos indicadores da qualidade assistencial será empregado o método Delphi, com especialistas da área de Estimulação Cardíaca Artificial. Basicamente, os indicadores deverão privilegiar os seguintes aspectos: (1) Avaliação da estrutura: recursos físicos, humanos e organizacionais; (2) Avaliação dos processos de trabalho, em especial, dados relacionados à produção assistencial e rotinas do serviço; (3) Avaliação dos resultados: o impacto da assistência em diferentes desfechos clínicos; (4) Avaliação da qualidade de vida e satisfação dos pacientes em relação ao atendimento recebido. Os dados serão coletados diretamente dos prontuários dos pacientes e das bases de dados administrativas hospitalares, usando o sistema REDCap (Research Electronic Data Capture). Os indicadores da qualidade assistencial serão monitorados, em tempo real, através de "Painéis de Visualização Gerenciais e Interativos" que serão construídos na presente proposta, a partir da consolidação das bases de dados do estudo. Os indicadores de cada serviço de Estimulação Cardíaca Artificial serão comparados individualmente (benchmark interno) e, posteriormente, os dados de cada serviço serão comparados em relação à média de todos os centros (benchmark comparativo). Na mesma proposta, serão desenvolvidos modelos de predição de risco para mortalidade e readmissões hospitalares por técnicas de aprendizado de máquina. As informações geradas a partir desses modelos, irão subsidiar o desenvolvimento de futuros modelos de decisão. Resultados esperados: Ao término deste projeto teremos uma infraestrutura robusta para a coleta eletrônica e gerenciamento de dados na pesquisa de indicadores de qualidade dos serviços de Estimulação Cardíaca Artificial que irá viabilizar a criação de uma rede nacional nessa área. Esta infraestrutura será de grande valia para impulsionar a inovação, a pesquisa, a eficiência e a qualidade dos serviços prestados. Além disso, essa infraestrutura poderá, posteriormente, ser transponível para outras áreas assistenciais, conferindo maior racionalidade ao uso dos recursos e melhoria da qualidade dos cuidados prestados. (AU)