Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso do laser no tratamento das lesões oclusais hipomineralizadas moderadas de dentes afetados pela HMI: estudo clínico controlado e randomizado

Processo: 19/06978-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2019 - 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Regina Guenka Palma-Dibb
Beneficiário:Regina Guenka Palma-Dibb
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandra Mussolino de Queiroz ; Daniela Hesse ; Fabrício Kitazono de Carvalho ; Juliana Jendiroba Faraoni
Assunto(s):Odontologia preventiva  Dentística  Hipoplasia do esmalte dentário  Cárie dentária  Restauração dentária  Cimentos de ionômeros de vidro  Terapia a laser 

Resumo

Atualmente vem-se observando um aumento na incidência de dentes afetados pela hipominaralização molar-incivo (HMI). Há diversas modalidades de tratamento que dependem do grau de severidade do defeito, como procedimentos preventivos, restauradores e até mesmo extrações dentárias. Porém, essas alterações podem influenciar negativamente a retenção e longevidade dos materiais restauradores. Portanto, a presente proposta tem como objetivo avaliar o emprego da irradiação do laser de diodo para o tratamento de superfícies oclusais de lesões em esmalte em primeiros molares permanentes afetados com HMI como método preventivo para a cárie dentária com envolvimento dentinário e desgaste oclusal, além de verificar o desconforto referido pelos pacientes após o tratamento. Para isso, será conduzido um estudo clínico controlado e randomizado, com grupos paralelos, no qual será feita a comparação do tratamento com o laser de diodo e o selamento com cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade nos dentes afetados pela HMI. Os participantes serão avaliados no início do estudo e após 1 semana, 1, 6, 12, 18 e 24 meses. Como desfecho principal será avaliado a presença de lesão de cárie e/ou o desgaste da superfície oclusal da superfície incluída no estudo com envolvimento dentinário. Será feito exame visual para o diagnóstico de HMI, detecção de cárie, utilizando o ICDAS, fotografias e moldagem dos dentes afetados para análise quantitativa das lesões. Outros desfechos como satisfação dos responsáveis quanto ao tratamento, desconforto e ansiedade dos pacientes, avaliação da sensibilidade dentinária e impacto na qualidade de vida dos participantes, assim como a duração e custo inerentes ao tratamento, bem como sua relação de custo-eficácia também serão avaliados. Análises estatísticas multinível serão realizadas para verificar a eficácia do tratamento do laser de diodo comparado ao selamento, além de possíveis fatores associados a essa eficácia. (AU)