Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do tratamento com 17-beta-estradiol na lesão pulmonar causada pela oclusão da aorta descendente proximal em ratos machos

Processo: 18/25759-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2019 - 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Ana Cristina Breithaupt Faloppa
Beneficiário:Ana Cristina Breithaupt Faloppa
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Cristiano de Jesus Correia ; Luiz Felipe Pinho Moreira
Assunto(s):Doenças cardiovasculares  Aorta  Isquemia e reperfusão  Lesão pulmonar  Imunidade inata  Estradiol  Ratos 

Resumo

Os procedimentos cirúrgicos, que envolvem a obstrução aórtica, podem apresentar complicações, como lesões por isquemia e reperfusão. Essa condição clínica consiste na oclusão do fluxo sanguíneo e seu posterior retorno ao tecido, resultando em alterações hemodinâmicas, ativação do sistema imunológico e em casos extremos, graves lesões teciduais. Algumas respostas inflamatórias são tão exacerbadas, que ao invés de beneficiarem o indivíduo, acabam desempenhando um papel patogênico e conduzem o paciente a óbito ou rejeição do enxerto, no caso de transplantes. O pulmão é um dos órgãos mais afetados pelos efeitos da isquemia e reperfusão. No entanto, estudos recentes têm demonstrado que hormônios sexuais, especialmente o estradiol, apresentam um efeito protetor e atenuam o processo inflamatório. O estradiol tem sido apontado como modulador de diversas células imunes, o que sugere que os estrógenos têm papel fundamental na imunocompetência. É importante ressaltar que o estradiol protege o sistema cardiovascular contra lesões isquêmicas, inflamatórias e metabólicas. Dessa forma, esse estudo objetiva investigar os possíveis efeitos anti-inflamatórios do estradiol na lesão pulmonar, causadas por isquemia e reperfusão pela oclusão aórtica em ratos machos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (1 total):
Veja Saúde online: Por que o coronavírus é mais perigoso nos homens do que nas mulheres (27/Mai/2020)