Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta inflamatória respiratória em profissionais atuantes no Centro de Material e Esterilização com e sem pressão negativa

Processo: 19/06912-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2020 - 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Kazuko Uchikawa Graziano
Beneficiário:Kazuko Uchikawa Graziano
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Alda Graciele Claudio dos Santos Almeida ; Camila Quartim de Moraes Bruna ; Caroline Lopes Ciofi Silva ; Clóvis Eduardo Santos Galvão ; Viviane Masetti da Silva Paula
Assunto(s):Centro de material e esterilização  Pressão do ar  Aerossóis  Esterilização  Inflamação  Saúde do trabalhador 

Resumo

Resumo: A ausência de evidências de riscos ocupacionais resultantes dos aerossóis e alérgenos gerados na área de limpeza dos Centros de Material e Esterilização (CME), frente à exigência legal da implementação de estrutura de controle de ar neste setor, justifica a realização desta pesquisa que tem o objetivo de produzir as evidências científicas sobre a prevalência de sintomas e resposta inflamatória respiratória, relacionadas aos diferentes sistemas de ventilação do ar ambiente. Tipo de estudo: transversal. Local do estudo: três CME com diferentes sistemas de ventilação (pressão negativa, ar condicionado centralizado e ventilação natural). Sujeitos da pesquisa: serão avaliados os profissionais que estão atuando no CME sob diferentes sistemas de ventilação do ar ambiente. Critérios de inclusão: serão incluídos na amostra todos os profissionais de enfermagem que trabalharem no CME e que estiverem atuando na área de limpeza no momento da coleta e que voluntariamente concordarem em participar da pesquisa assinando o termo de consentimento livre e informado. Critério de exclusão: serão excluídos da amostra profissionais com histórico prévio de doenças respiratórias em tratamento, infecções respiratórias nas últimas quatro semanas, tabagistas e ex tabagistas com menos de seis meses sem fumar. Coleta de dados: Os profissionais realizarão o teste de medida da fração do óxido nítrico exalado (FeNO), durante o período de trabalho, e responderão um questionário de sintomas respiratório da comunidade europeia traduzido e validado para o português. Resultados esperados: Sendo um estudo exploratório, os resultados esperados são expectantes em identificar os impactos dos diferentes sistemas de ventilação do ar ambiente nos sintomas e resposta inflamatória respiratória na saúde dos profissionais que atuam no CME. (AU)