Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades geoquímicas e texturais de minerais acessórios como indicadoras petrológicas e geocronológicas em rochas graníticas e greisens associados

Processo: 19/17343-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2020 - 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Silvio Roberto Farias Vlach
Beneficiário:Silvio Roberto Farias Vlach
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Frederico Castro Jobim Vilalva
Assunto(s):Geocronologia  Geoquímica elementar e isotópica  Granito  Sienito  Mineralogia  Petrologia 

Resumo

As propriedades geoquímicas e texturais/microestruturais registradas nos minerais acessórios de rochas graníticas permitem desvendar e modelar os caminhos evolutivos de processos magmáticos e pós-magmáticos, determinar parâmetros intensivos de cristalização bem como a cronologia absoluta dos eventos magmáticos/pós-magmáticos, tornando-se um tema científico de impacto crescente na literatura internacional. Esta proposta objetiva qualificar e quantificar os registros geoquímicos (elementais e isotópicos) e texturais /microestruturais em minerais acessórios primários e hidrotermais e aplicá-los para identificar e modelar processos evolutivos magmáticos e pós-magmáticos considerando casos de estudo selecionados das províncias graníticas de "tipo-A" Graciosa e Itu, as ocorrências Neoproterozóicas jovens mais importantes da região S-SE do Brasil, sob uma perspectiva de fronteira. Técnicas analíticas modernas, in situ, de alta resolução espacial (MEV, FE-EPMA, LA-ICPMS, LA-MC-ICPMS e SHRIMP) serão utilizadas para quantificar elementos maiores, menores e traços (LIL e particularmente HFS) e isótopos de U, Pb, Sr, Nd e Hf em acessórios primários (chevkinita, allanita, apatita, titanita e zircão), herdados (zircão) e hidrotermais (e.g., zircão, zirconossilicatos diversos, fluorita, columbita-tantalita, monazita, xenotima) sob um fino controle textural/microestrutural dado por análises e imageamentos óptico, eletrônico e de raios-X extensivos. Estes dados permitirão definir as assinaturas geoquímicas destes acessórios e sua estabilidades relativas, bem como determinar balanços geoquímicos mineral/mineral e mineral/rocha total, parâmetros intensivos de cristalização (T, P, fugacidades de espécies voláteis) e obter idades U/Pb de cristalização de zircão magmático e herdado e U/Pb e Th-U-PbT de zircão/monazita/xenotima hidrotermais ainda indisponíveis. Os resultados, juntamente com nossos dados prévios, constituirão o necessário conjunto de dados para comparar as assinaturas geoquímicas das ocorrências mais típicas das províncias Graciosa e Itu e modelar quantitativamente os principais processos petrogenéticos, com implicações críticas para a gênese e evolução do magmatismo de "tipo-A" e do hidrotermalismo associado, bem como para o ambiente geodinâmico que originou estas províncias no S-SE do Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SIACHOQUE, ASTRID; GARCIA, RODOLFO; VLACH, SILVIO R. F. Occurrence and Composition of Columbite-(Fe) In the Reduced A-Type Desemborque Pluton, Graciosa Province (S-SE Brazil). MINERALS, v. 10, n. 5 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.