Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do Teste de Sensibilidade aos Anticoccidianos (TSA) para avaliação de eficácia de medicamentos utilizados contra Eimeria spp. na indústria avícola

Processo: 17/15838-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2020 - 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Luiz Eduardo de Melo Mafra Machado
Beneficiário:Luiz Eduardo de Melo Mafra Machado
Empresa:Centro de Amparo à Pesquisa Veterinária Ltda
CNAE: Criação de aves
Atividades veterinárias
Município: Amparo
Assunto(s):Avicultura  Coccidiose  Coccidiostáticos  Eimeria  Testes de sensibilidade microbiana  Frangos de corte  Doenças das aves 

Resumo

Coccidiose é a doença parasitária mais relevante para a indústria avícola mundial. Esta doença causada por protozoários do gênero Eimeria spp. está diretamente relacionada a redução do peso final das carcaças de frango de corte comerciais na indústria avícola em todo o mundo. Existem diferentes espécies de Eimeria spp., e afetam diferentes regiões do intestino das aves e as lesões são responsáveis pela destruição do epitélio intestinal de aves em variados graus. O principal método de controle destes patógenos aviários é baseado no uso de medicamentos anticoccidianos ou coccidiostáticos na ração, cujas formulações foram obtidas principalmente na década de 1950, e novas alternativas ainda não foram obtidas. Atualmente o alto índice de resistência a esses medicamentos faz com que a indústria avícola necessite de altas doses e rodízio de drogas para conseguir controlar os prejuízos causados por esses protozoários. O tratamento é realizado de forma empírica, sem informações importantes sobre o perfil de resistência das cepas presentes em cada granja avícola, e muitas vezes os gastos com medicamentos são ineficazes. Além disso, existem limites de tolerância destes medicamentos nos produtos de origem avícola, que são impostos por mercados importadores, da União Européia, Ásia, Oriente Médio etc. e superdosagens consideradas tóxicas para consumo, podem causar o bloqueio e devolução de carne brasileira exportada. Atualmente, a técnica de Teste de Sensibilidade aos Anticoccidianos (TSA) tem sido aplicada como uma ferramenta em alguns países produtores de carne de frango, para obter dados mais precisos e relevantes sobre a susceptibilidade das cepas de Eimeria spp circulantes. Esta técnica é realizada dentro de galpões experimentais isolados e consiste na avaliação in vivo da eficácia de qualquer medicamento contra a coccidiose, avaliando diretamente o efeito destes sobre cepas de Eimeria sp. circulantes nas granjas de clientes. Dessa forma, é possível realizar terapias com melhor eficácia, sem utilização de superdoses, inadequadas para o produto final. Atualmente no Brasil a técnica TSA não é oferecida comercialmente, devido ao seu alto custo de implementação e necessidade de ser realizado em galpões experimentais apropriados. Assim, as terapias utilizadas em toda a indústria avícola brasileira, tem baixa eficácia, e tem causado prejuízos relacionados à doença e aos gastos com muitos medicamentos. Este projeto, tem como principal objetivo implementar o TSA na empresa Centro de Amparo à Pesquisa Veterinária Ltda (CAPEV), em Amparo-SP, trazendo uma nova ferramenta para a melhoria no controle desta doença e ofertar o serviço comercialmente para a indústria avícola, do Estado de São Paulo e nacional. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)