Busca avançada
Ano de início
Entree

Extração de carotenóides e ésteres empregando uma abordagem de extração verde: caracterização da composição nativa de pele de laranja

Processo: 19/25303-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de março de 2020 - 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Veridiana Vera de Rosso
Beneficiário:Veridiana Vera de Rosso
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Química de alimentos  Carotenoides  Líquidos iônicos  Laranja  Química verde 

Resumo

A casca da laranja é um sub-produto gerado em grandes quantidades que pode representar uma fonte de pigmentos naturais, como os carotenoides. Xantofilas, a principal classe de carotenoides encontrada nas frutas cítricas, podem estar presentes na sua forma livre ou esterificadas a ácidos graxos, formando ésteres. Essa esterificação modifica as propriedades químicas dos compostos, afetando sua biodisponibilidade no organismo humano, e tornando importante, a caracterização da composição nativa de carotenoides das matrizes alimentares. Nós objetivamos avaliar os extratos de carotenoides não-saponificados da casca de laranja (Pera) obtidos utilizando abordagens verdes alternativas: extração com líquido iônico (LI), analisado por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao detector de arranjo de diodo e espectrômetro de massas (HPLC-DAD-APCI-MS), e extração por fluído supercrítico (SFE), seguida de cromatografia por fluído supercrítico acoplada ao espectrômetro de massas triplo quadrupolo (SFC-APCI/QqQ/MS) em um sistema online. Ambos os métodos verdes alternativos foram aplicados com sucesso, permitindo a identificação total de 5 carotenoides livres, 1 apocarotenoide, 7 monoésteres e 11 diésteres no extrato obtido com LI, analisado por HPLC-DAD-APCI-MS; e 9 carotenoides livres, 6 ésteres de carotenoides, 19 apocarotenoides e 8 apo-ésteres, obtidos e analisados por SFE-SFC-APCI/QqQ/MS, resultando na identificação de diversos apocarotenoides livres e ésteres de apocarotenoides identificados em laranja pela primeira vez, particularmente na variedade Pera, que poderia ser usado como um parâmetro de autenticidade da fruta. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MURADOR, DANIELLA C.; SALAFIA, FABIO; ZOCCALI, MARIOSIMONE; MARTINS, PAULA L. G.; FERREIRA, ANTONIO G.; DUGO, PAOLA; MONDELLO, LUIGI; DE ROSSO, VERIDIANA V.; GIUFFRIDA, DANIELE. Green Extraction Approaches for Carotenoids and Esters: Characterization of Native Composition from Orange Peel. ANTIOXIDANTS, v. 8, n. 12 DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.