Busca avançada
Ano de início
Entree

Inovação e transformação da atividade de prevenção de riscos profissionais - ITAPAR

Processo: 19/13525-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de novembro de 2019 - 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Convênio/Acordo: ANR
Pesquisador responsável:Rodolfo Andrade de Gouveia Vilela
Beneficiário:Rodolfo Andrade de Gouveia Vilela
Pesq. responsável no exterior: Maria Adelaide Araújo do Nascimento
Instituição no exterior: Conservatoire National des Arts et Métiers (Cnam), França
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Ildeberto Muniz de Almeida
Pesq. associados:Frida Marina Fischer ; Iracimara de Anchieta Messias ; José Marçal Jackson Filho ; Manoela Gomes Reis Lopes ; Mara Alice Batista Conti Takahashi ; Marco Antonio Pereira Querol ; Raoni Rocha Simões ; Sandra Francisca Bezerra Gemma ; Vivian Aline Mininel
Assunto(s):Acidentes de trabalho  Prevenção de acidentes  Gestão de riscos  Saúde do trabalhador  Segurança do trabalho  Ergonomia no trabalho  Brasil  França (país) 

Resumo

Esta proposta está enraizada no contexto da importância dos acidentes de trabalho no Brasil e da estagnação na França. Entendemos a prevenção como uma atividade coletiva realizada ao longo do tempo, do espaço e de múltiplos parceiros. A atividade de prevenção pode ser conceituada como uma orquestração parcialmente improvisada de atuação colaborativa (Engeström 2008). Ela pode ser abordada em três níveis: 1) uma rede de vigilância da saúde e segurança dos trabalhadores desenvolvida por órgãos públicos; 2) a atividade coletiva de prevenção de lesões/doenças relacionadas ao trabalho; 3) a autoproteção dos trabalhadores. Esta investigação tem por objetivo: 1) compreender a atividade coletiva de prevenção nesses três níveis; 2) identificar áreas potenciais para o desenvolvimento dessa atividade; 3) apoiar a inovação nessa atividade coletiva de prevenção, mobilizando Laboratórios de Mudança (Virkkkunen & Schaupp 2008) e métodos de simulação da pedagogia crítica (Freire, 1970). Este trabalho será realizado no Brasil e na França permitindo comparar e melhorar a atividade de prevenção em ambos os países. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em saúde do trabalhador na Faculdade de Saúde Pública da USP