Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de pneus a partir de microalgas: avaliação técnico-econômica ambiental da conversão da microalga Botryococcus braunii em 1,3- butadieno

Processo: 19/23416-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2020 - 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Convênio/Acordo: Universidad de Antioquia (UdeA)
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Adriano Pinto Mariano
Beneficiário:Adriano Pinto Mariano
Pesq. responsável no exterior: Juan Fernando Perez Bayer
Instituição no exterior: Universidad de Antioquia (UdeA), Colômbia
Pesq. responsável no exterior: Lucia Atehortúa
Instituição no exterior: Universidad de Antioquia (UdeA), Colômbia
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Pablo Andrés Silva Ortiz
Vinculado ao auxílio:18/23983-3 - Rotas para produção de pneus a partir da cana-de-açúcar: conversão eficiente de açúcares em precursores de 1,3-butadieno e avaliação técnico-econômica ambiental, AP.BIOEN.R
Assunto(s):Microalgas  Botryococcus braunii  1,3-Butadieno  Borracha  Pneus  Aproveitamento de subprodutos  Cana-de-açúcar  Biorrefinarias  Gaseificação  Análise ambiental  Análise econômica  Cooperação internacional 

Resumo

Nesse projeto, visitas técnicas ocorrerão com o objetivo de consolidar e aprofundar a colaboração científica entre UNICAMP e a Universidade de Antioquia (UDEA) para avançar pesquisas atualmente desenvolvidas. Na FEQ/UNICAMP, um grupo de pesquisa tem investigado o potencial de produzir 1,3-butadieno (matéria-prima para borracha de pneus) a partir de químicos derivados da cana-de-açúcar (Projeto Regular - BIOEN - 18/23983-3). Na UDEA, dois grupos de pesquisadores têm investigado a produção da microalga Botryococcus braunii e a sua conversão termoquímica em gás de síntese. Como o gás de síntese pode ser convertido em 1,3-butadieno usando catalisadores e equipamentos comercialmente disponíveis, é nosso interesse pesquisar se a gaseificação da microalga Botryococcus braunii e a conversão do gás de síntese em 1,3-butadieno é tecnicamente, economicamente e ambientalmente viável. (AU)