Busca avançada
Ano de início
Entree

Gestão logística inteligente da cadeia do frio de alimentos perecíveis - metodologia FEFO

Resumo

As perdas de alimentos nos diversos setores da cadeia produtiva são expressivas no cenário brasileiro. Para produtos perecíveis que necessitam da cadeia do frio para sua comercialização, o acondicionamento incorreto traz diversas desvantagens, como a perda de qualidade e diminuição do tempo de vida de prateleira até a ausência dos mesmos na mesa dos consumidores. Estes fatores geram diminuição no valor agregado do produto, reduções na segurança alimentar e do alimento e grandes impactos ambientais. Assim, o atual desafio das pesquisas está voltado na busca de soluções tecnológicas para reduzir as perdas nas diversas etapas de produção, que são motivadas por falhas na infraestrutura e manuseio inadequado dos produtos. Neste contexto, um dos grandes problemas tecnológicos associados ao comércio de produtos perecíveis refere-se ao inadequado gerenciamento da distribuição do produto. A metodologia de gerenciamento aplicada hoje no Brasil, FIFO (First in, first out, ou seja, primeiro a entrar, primeiro a sair), não leva em consideração a verdadeira vida útil do produto e sim a especificada no rótulo. Em outros termos, esta metodologia não contempla as condições de exposição que podem ocorrer durante a cadeia produtiva. Por outro lado, a metodologia de gerenciamento FEFO (First expired, first out, ou seja, primeiro a expirar, primeiro a sair) é capaz de abranger a vida útil dinâmica do produto, proporcionando a gestão inteligente de distribuição. Portanto, o objetivo deste projeto é implementar a forma de gestão FEFO na cadeia do frio de alimentos perecíveis, considerando a vida útil dinâmica e remanescente do produto. Para alcançar tal objetivo, deverá ser aplicada a tecnologia de comunicação e identificação por radiofrequência (RFID) e de rede de sensores sem fio (RSSF) para registro da localização e das condições de exposição (temperatura e umidade relativa) do produto associado a um algoritmo que estima sua perda de qualidade e a vida útil remanescente. Assim, dever-se-á obter um indicador de tomada de decisão para realização de uma gestão inteligente de distribuição do produto. A plataforma de dados do tempo de vida que resta ao produto antes de ser rejeitado pelo consumidor comunicará com a plataforma de logística do centro de distribuição da respectiva empresa, para a definição de possíveis mercados alvo. Assim a aplicação da metodologia FEFO na cadeia do frio de alimentos perecíveis obterá a gestão inteligente de distribuição, em que deverá considerar o tempo de vida útil remanescente do alimento e as condições ambientes e o tempo a ser transcorrido até o próximo elo da cadeia do frio. Com a aplicação desta metodologia, inúmeros serão os resultados gerados nos âmbitos sociais, econômicos, éticos e ambientais. Estes resultados impactarão na imagem da futura empresa e indiscutivelmente no mercado. (AU)