Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração de dados e melhoria dos modelos de análise da solução Gove e os ganhos de eficiência fiscal em administrações municipais brasileiras

Resumo

O objetivo do projeto de pesquisa e posterior aplicação é a melhoria da Solução Gove, atualmente em versão beta de desenvolvimento e já sendo comercializada a municípios, através da (a) construção mecanismos de integração da solução Gove com sistemas de registro de informações contábeis da prefeitura e da (b) melhoria dos modelos de análise da Solução Gove que permitem validar ou refutar hipóteses de ineficiência da arrecadação e gasto público. Os objetivos (a) e (b) mencionados acima se relacionam com o Desafio 7 "Transparência e eficiência no uso de recursos públicos" deste edital, mais especificamente aos itens 7.10, 7.11 e 7.12, e, de maneira indireta, aos desafios 7.9 e 7.6.A maioria dos municípios brasileiros utiliza atualmente sistemas de registro de informações contábeis que não possibilitam aos gestores públicos acesso a análises que os auxiliem a tomar decisões. Gestores municipais encontram-se em situação de vendor lock-in que os impedem de acessar sistemas mais avançados que auxiliem a tomada de decisão. As empresas líderes de mercado para tais softwares/sistemas já têm contratos de longa data junto aos municípios e não atualizam seus softwares uma vez que seus modelos de negócio dependem de softwares que demandam hora de consultores, e a mudança para softwares mais modernos envolve custos muito altos para administração pública municipal, o que desencoraja os gestores públicos de mudar. Este cenário acaba por gerar a persistência de ineficiências municipais, decisões enviesadas e desperdício de dinheiro público. O sucesso na realização desta proposta terá como resultado a expansão dos arquivos aceitos e processados pela Solução Gove, permitindo que ela seja utilizada de forma a complementar a uma variedade maior dos sistemas de registros de informações contábeis que municípios utilizam atualmente, sem custos de migração/implantação, provendo melhores recursos, informações e análises aos gestores públicos, facilitando a tomada de decisão na administração municipal e, por consequência, melhorando a eficiência na gestão do orçamento público. Adicionalmente, espera-se expandir o banco de hipóteses de ineficiência fiscal da Solução Gove, permitindo que novas verificações sejam feitas em todos os municípios assinantes da solução. Em termos práticos, estimamos que administrações municipais poderão acessar a Solução Gove por um preço médio de R$ 100.000/ano (preço já praticado pela Gove) e terão como retorno de investimento pelo menos 5 vezes o valor investido (atualmente a Gove já garante retorno de 3 vezes) na Solução Gove para cada ano de utilização da solução. Em resumo, o projeto será implementado em 7 grandes fases seguindo uma metodologia ágil de desenvolvimento de tecnologia, conforme abaixo: 1) Pesquisa de campo dos principais sistemas e benchmarkings; 2) Construção de coleta de dados passiva; 3) Construção de coleta de dados ativa; 4) Criação de software de tratamento de dados; 5) Construção de banco de dados; 6) Aplicação da Solução Gove em municípios piloto; 7) Comparação e documentação dos ganhos de ganhos de eficiência fiscal. A Solução Gove já é comercializada em versão beta, tendo sido premiada por diversas organizações como Massachusetts Institute of Technology, Banco Interamericano de Desenvolvimento e Facebook pelo seu caráter inovador e impacto. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Startup lança plataforma para reduzir impacto econômico da COVID-19 em municípios  
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (2 total):
Folha de S. Paulo: Pandemia favorece aproximação entre startups e gestores públicos (24/Fev/2021)
Folha.com: Pandemia favorece aproximação entre startups e gestores públicos (24/Fev/2021)