Busca avançada
Ano de início
Entree

Chapas, placas e cascas em engenharia aeroespacial

Processo: 19/24344-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de março de 2020 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Estruturas Aeroespaciais
Pesquisador responsável:Reyolando Manoel Lopes Rebello da Fonseca Brasil
Beneficiário:Reyolando Manoel Lopes Rebello da Fonseca Brasil
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/06076-0 - Estudo experimental e numérico sobre a não linearidade geométrica em vibrações de estruturas de suporte de máquinas rotativas, AP.R
Assunto(s):Estática das estruturas  Estabilidade estrutural  Dinâmica das estruturas  Chapas  Livros  Publicações de divulgação científica 

Resumo

Este livro pretende apresentar o estado da arte em estática, estabilidade e dinâmica de estruturas aeroespaciais do tipo folhas, isto é, sólidos de pequena espessura em relação às outras duas dimensões, tais como chapas, placas e cascas, de comportamento linear. O tema tem grande aplicação também nas Engenharias Civil, Mecânica, Naval e de Petróleo. A intenção é abordar as bases teóricas e os processos numéricos de solução, em particular o Método dos Elementos Finitos e o Método das Diferenças Finitas, e suas implementações computacionais. Chapas, placas e cascas estão presentes em várias áreas de aplicação na engenharia estrutural. Embora ênfase seja dada a veículos aeroespaciais, devido à leveza e resistência que deles se espera, na Engenharia Civil também se tem as lajes de concreto armado e protendido, as chapas e cascas das estruturas metálicas, as coberturas em cúpulas etc. Nas engenharias mecânica e naval, e veículos terrestres e navios, são, em sua maior parte, constituídos de chapas, placas e cascas metálicas. Na engenharia de petróleo, dutos, raisers, reservatórios e outros equipamentos são estruturas dessa família. Este livro é pensado não só como um possível texto didático básico para um curso em nível de graduação ou pós-graduação, conforme a ênfase, mas também visando auxiliar o engenheiro estrutural praticante.O texto se restringe a abordar modelos de comportamento linear, material e geometricamente, deixando os problemas não lineares para um estudo mais aprofundado, mais indicado para programas adiantados de pós-graduação. Mesmo assim, o problema essencialmente não linear importante da estabilidade de placas é mencionado. Por um viés de formação do autor, também as bases da dinâmica, isto é, vibrações, desse tipo de estruturas, são apresentadas. (AU)