Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo translacional sobre o papel dos lipídios pró-resolução como mediadores da tolerância à infecção por SARS-CoV-2

Resumo

A pandemia do novo coronavírus, COVID-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, vem causando um número sem precedentes de hospitalizações e mortes em todo o mundo, o que parece ainda estar longe do seu fim. A alta transmissibilidade e a ausência de vacinas e terapias efetivas contra essa infecção, combinadas com a necessidade de intubação de pacientes em massa em respiradores em leitos de UTI, compõe um cenário trágico onde a consequência tem sido o colapso de sistemas de saúde publica de vários países. Os primeiros relatos e estudos clínicos publicados recentemente, apontam claramente o diabetes (tipo 1 ou 2), como um dos principais fatores de risco para a morte por COVID-19. Por estas razões, é imprescindível e urgente que aprofundemos nossa compreensão a respeito dos mecanismos que tornam o diabético, um paciente mais vulnerável a forma grave desta doença. Os primeiros estudos investigando a patologia da doença, indicam que o quadro sugere um ineficaz processo de resolução do processo inflamatório causado pelo vírus. Os mediadores lipídicos pró-resolução (MLPRs) são lipídios que possuem a função de resolver a inflamação, e sabe-se que os mesmos encontram-se reduzidos em pacientes obesos/diabéticos, bem como em modelos murinos de obesidade. Por essa razão, nossa hipótese é de que os pacientes diabéticos apresentam maior vulnerabilidade ao processo inflamatório decorrente da infecção por SARS-CoV-2, devido aos seus baixos níveis de MLPRs e, portanto, devido a sua baixa capacidade de resolução da inflamação nas vias aéreas dos pacientes. Neste projeto, propomos uma estratégia de pesquisa translacional, visando atingir a 3 principais objetivos: (1) determinar a correlação entre os níveis plasmáticos dos MLPRs com marcadores inflamatórios e clínicos de pacientes infectados com o novo coronavírus; (2) identificar, através de ensaios in vitro, os MLPRs com maior efeito protetor sobre o epitélio pulmonar infectado com SARS-CoV-2; e (3) avaliar em estudo in vivo com modelo murino de síndrome metabólica, o efeito protetor dos MLPR sobre o processo inflamatório e o dano pulmonar causado por infecção por SARS-CoV-2. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUIMARAES, RAPHAEL C.; GONCALVES, TIAGO T.; LEIRIA, LUIZ O. Exploiting oxidized lipids and the lipid-binding GPCRs against cardiometabolic diseases. British Journal of Pharmacology, v. 178, n. 3 DEC 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.