Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo translacional sobre o papel dos lipídios pró-resolução como mediadores da tolerância à infecção por SARS-CoV-2

Processo: 20/05040-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2020 - 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Luiz Osório Silveira Leiria
Beneficiário:Luiz Osório Silveira Leiria
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Eurico de Arruda Neto ; Renê Donizeti Ribeiro de Oliveira
Vinculado ao auxílio:17/08264-8 - Estudo dos mecanismos de intercomunicação entre tecido adiposo marrom e fígado com impacto na regulação da lipogênese hepática e produção endógena de glicose, AP.JP
Assunto(s):Infecções por Coronavirus  COVID-19  Coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2  Comorbidade  Fatores de risco  Obesidade  Diabetes mellitus  Mediadores lipídicos  Mucosa respiratória  Inflamação  Pesquisa translacional  Pandemias 

Resumo

A pandemia do novo coronavírus, COVID-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, vem causando um número sem precedentes de hospitalizações e mortes em todo o mundo, o que parece ainda estar longe do seu fim. A alta transmissibilidade e a ausência de vacinas e terapias efetivas contra essa infecção, combinadas com a necessidade de intubação de pacientes em massa em respiradores em leitos de UTI, compõe um cenário trágico onde a consequência tem sido o colapso de sistemas de saúde publica de vários países. Os primeiros relatos e estudos clínicos publicados recentemente, apontam claramente o diabetes (tipo 1 ou 2), como um dos principais fatores de risco para a morte por COVID-19. Por estas razões, é imprescindível e urgente que aprofundemos nossa compreensão a respeito dos mecanismos que tornam o diabético, um paciente mais vulnerável a forma grave desta doença. Os primeiros estudos investigando a patologia da doença, indicam que o quadro sugere um ineficaz processo de resolução do processo inflamatório causado pelo vírus. Os mediadores lipídicos pró-resolução (MLPRs) são lipídios que possuem a função de resolver a inflamação, e sabe-se que os mesmos encontram-se reduzidos em pacientes obesos/diabéticos, bem como em modelos murinos de obesidade. Por essa razão, nossa hipótese é de que os pacientes diabéticos apresentam maior vulnerabilidade ao processo inflamatório decorrente da infecção por SARS-CoV-2, devido aos seus baixos níveis de MLPRs e, portanto, devido a sua baixa capacidade de resolução da inflamação nas vias aéreas dos pacientes. Neste projeto, propomos uma estratégia de pesquisa translacional, visando atingir a 3 principais objetivos: (1) determinar a correlação entre os níveis plasmáticos dos MLPRs com marcadores inflamatórios e clínicos de pacientes infectados com o novo coronavírus; (2) identificar, através de ensaios in vitro, os MLPRs com maior efeito protetor sobre o epitélio pulmonar infectado com SARS-CoV-2; e (3) avaliar em estudo in vivo com modelo murino de síndrome metabólica, o efeito protetor dos MLPR sobre o processo inflamatório e o dano pulmonar causado por infecção por SARS-CoV-2. (AU)