Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo do perfil metabólico e estresse oxidativo de bovinos e bubalinos recebendo diferentes dietas em confinamento

Processo: 19/24463-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2020 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Fernando Jose Benesi
Beneficiário:Fernando Jose Benesi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Humberto Hamad Minervino ; Viviani Gomes
Assunto(s):Bovídeos  Estresse oxidativo  Perfil metabólico  Metabolismo 

Resumo

O perfil metabólico pode ser usado para monitorar a adaptação do metabolismo a diferentes tipos de dietas, para diagnosticar possíveis desequilíbrios da homeostase de nutrientes, e para identificar causas da manifestação de doenças nutricionais ou metabólicas. Avaliar as alterações orgânicas e de desempenho em bovinos e bubalinos decorrentes de diferentes tipos de alimentação em confinamento, avaliando o estresse oxidativo e possíveis alterações de curto prazo no decorrer da alimentação. Serão utilizados 24 animais, sendo 12 bovinos e 12 búfalos mestiços, com idade entre 14 e 16 meses e peso corporal entre 200 e 300 kg. Os animais serão alojados em baias individuais com alimentação e abastecimento de água e serão submetidos a um período de adaptação de 15 dias da dieta. Os animais irão receber diferentes dietas, uma composta por 100% de grão total e o outro grupo irá receber 70% de concentrado e 30% de silagem de milho (com base na matéria seca). Os animais serão pesados semanalmente após 14 horas de jejum hídrico e alimentar. Amostras de sangue serão obtidas nos momentos de avaliação para realização de análises bioquímicas, as quais serão realizadas através do analisador bioquímico automatizado (Labmax 240, Labtest). A bioquímica sérica analisou as concentrações de Proteína Total, Albumina, Ureia, Creatinina, Colesterol, Triglicerídeos, Beta-hidroxibutirato, ácidos graxos não esterificados (NEFA), Bilirrubina Total, Bilirrubina Direta, Glicose, Lactato, Ca, P e Mg, bem como atividades enzimáticas AST, GGT, CK. O estresse oxidativo será avaliado pela atividade da superóxido dismutase (SOD) e da glutationa peroxidase (GPx). As variáveis respostas serão analisadas no pacote estatístico SAS como medidas repetidas no tempo pelo procedimento MIXED avaliando o efeito de espécie, dieta, tempo e suas interações. (AU)