Busca avançada
Ano de início
Entree

The Connected Cow: uma iniciativa Brasil-Itália para incremento do conforto animal baseada em tecnologias de pecuária de precisão

Processo: 19/23449-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2020 - 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Ecologia dos Animais Domésticos e Etologia
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Alexandre Rossetto Garcia
Beneficiário:Alexandre Rossetto Garcia
Pesq. responsável no exterior: Leonardo NANNI COSTA
Instituição no exterior: Università di Bologna, Itália
Instituição-sede: Pecuária Sudeste. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:José Ricardo Macedo Pezzopane ; Martina Zappaterra
Vinculado ao auxílio:19/04528-6 - Do Céu às Células - Uma abordagem multidimensional do conforto térmico animal em sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), AP.R
Assunto(s):Zootecnia de precisão  Pecuária sustentável  Bem-estar do animal  Produção animal  Estresse térmico  Monitoramento  Sistemas de tempo-real  Brasil  Itália  Cooperação internacional 

Resumo

O atual cenário socioeconômico internacional tem induzido os países produtores de alimentos a se tornarem mais eficientes, associado à preocupação de tornar o acesso aos alimentos mais equitativo e sua produção mais segura e sustentável. Para isso, é fundamental o desenvolvimento de tecnologias de pecuária de precisão que permitam aos produtores rurais monitorarem em tempo real os rebanhos a pasto, favorecendo a produtividade e o bem-estar animal. Essa percepção é compartilhada pela Embrapa Pecuária Sudeste e pelo Dipartimento di Scienze e Tecnologie Agro-Alimentari da Università di Bologna, instituições que trabalham na pesquisa e no desenvolvimento de produtos e processos voltados à agricultura sustentável, no Brasil e na Itália, respectivamente. Dessa forma, esta proposta busca obter financiamento para apoiar o intercâmbio de pesquisadores brasileiros e italianos, ora envolvidos em projeto colaborativo internacional aprovado na FAPESP ("Do Céu às Células - uma abordagem multidimensional do conforto térmico animal em sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta". Acrônimo SKYCELL, Processo 2019/04528-6). Como desafio geral, nosso plano colaborativo propõe avançarmos no uso de sensores, métodos analíticos acústicos e de imagem, e em estratégias de tecnologia da informação para incrementar a capacidade de monitoramento ininterrupto de animais em tempo real. A proposta permitirá à equipe discutir mais detalhadamente os resultados do projeto de pesquisa em andamento, bem como estruturar um novo projeto conjunto (Draft Project) de médio prazo, para submissão a agências de fomento brasileiras e europeias. Por esse motivo, foi adotada uma estrutura simples e econômica, baseada em cinco atividades, a saber: Atividade 1: "Invitation to the Future", mobilização estratégica institucional (mês 1); Atividade 2: "Share the Vision", meeting on-line para discutir pesquisas em andamento e fornecer informações iniciais para o Draft Project (mês 2); Atividade 3: "Commitment Plus", workshop a ser realizado no Brasil durante missão de intercâmbio, para discussão dos resultados já alcançados e avanço na construção do Draft Project, com parceiros internacionais e stakeholders locais (mês 6); Atividade 4: "Portraits of Progress", workshop durante missão presencial na Itália, para refinamento do Draft Project, com detalhamento de cronograma e orçamento, que incluirá potenciais stakeholders europeus (mês 12); Atividade 5: "Point Checklist", grupo de trabalho que se reunirá online a cada dois meses para a formatação final do Draft Project (meses 14, 16 e 18). A execução das Atividades 1, 2 e 5 não demandará custo financeiro direto. A mobilidade de pesquisadores italianos e brasileiros será financiada pelos mecanismos de intercâmbio da Università di Bologna (Atividade 3) e do Programa Sprint FAPESP (Atividade 4), respectivamente. Dois pesquisadores brasileiros doutores participarão da missão de intercâmbio à Itália, bem como dois pesquisadores italianos de igual titulação virão em missão ao Brasil. O planejamento dos intercâmbios internacionais envolve a realização de reuniões institucionais, reuniões técnicas, workshops científicos e cursos de curta duração para estudantes de pós-graduação, tanto na Itália quanto no Brasil. A proposta terá duração de 18 meses e ampliará as oportunidades de pesquisa colaborativa, favorecerá a sinergia de membros do projeto de pesquisa em vigência e permitirá a construção em conjunto de uma sólida proposta a ser submetida para financiamento no Brasil e na Europa, o que poderia originar tecnologias disruptivas patenteáveis. (AU)