Busca avançada
Ano de início
Entree

COVID-19: seleção de inibidores específicos para a protease principal Mpro de SARS-CoV-2 através de phage display

Processo: 20/05451-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2020 - 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Aparecida Sadae Tanaka
Beneficiário:Aparecida Sadae Tanaka
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/03779-5 - Uso de phage display como ferramenta no diagnóstico e controle de doenças transmitidas por vetores hematófagos, AP.TEM
Assunto(s):Infecções por Coronavirus  COVID-19  Coronavirus da síndrome respiratória aguda grave 2  Expressão de proteínas  Inibidores de proteases  Protease tipo 3C de Coronavirus  Phage display  Terapia de alvo molecular  Pandemias 

Resumo

A síndrome respiratória aguda grave COVID-19 causada pelo coronavírus SARS-CoV-2 é uma doença emergente e altamente contagiosa, com a qual o mundo vive uma pandemia desde o final de 2019 até os dias de hoje, que tem levado vários países a falência do serviço de saúde pública, e em breve o Brasil poderá chegar a esta situação. Até o momento (13/04/2020) já são pelo menos 22300 pessoas infectadas e 1230 óbitos no país. No mundo, o número de mortes ultrapassa 116000. O vírus avança rapidamente pelo mundo, e todos que podem estão buscando alternativas para contê-lo, até o momento não temos medicamento, vacina ou outro método de controle a não ser o distanciamento social. A fim de contribuir nesta busca por conhecimento científico para o desenvolvimento de terapêuticas anti SARS-CoV-2 específicas, os mecanismos moleculares que promovem e sustentam a infecção viral devem ser definidos. Um alvo terapêutico importante entre os coronavírus é a protease principal Mpro (ou 3CLpro), devido ao seu papel essencial no processamento das poliproteínas que são traduzidas do RNA viral e viabilização a formação da partícula viral. Assim, a proposta desse trabalho é identificar inibidores específicos para a protease principal Mpro de SARS-CoV-2 através da técnica de phage display utilizando bibliotecas de peptídeos e inibidores proteicos. (AU)