Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos moleculares associados à patogenicidade e resistência em fungos: estratégias para o tratamento de dermatofitoses

Resumo

O dermatófito Trichophyton rubrum é o fungo patogênico de maior incidência em casos clínicos de micoses superficiais em pele e unha humanas. Ainda que estas infecções sejam amplamente disseminadas, os mecanismos associados ao sucesso na interação patógeno-hospedeiro, e os fatores relacionados à resistência a drogas permanecem incompreendidos. Tendo em vista o controle das infecções causadas por estes fungos, grandes esforços em pesquisas estão sendo direcionados, buscando por possíveis alvos celulares a serem utilizados no desenvolvimento de novas drogas com atividade antifúngica. Para tanto, identificar os fatores envolvidos na patogenicidade deste dermatófito, avaliando genes específicos e vias metabólicas moduladas durante o processo infeccioso é primordial. Assim sendo, são objetivos deste projeto: (1) a elucidação das vias de sinalização celular reguladas pelos fatores de transcrição StuA, Ap1, PacC, e HacA durante a interação com o hospedeiro; (2) identificação de fatores associados à modulação da resposta imune inata durante a interação patógeno-hospedeiro; (3) análise sistemática comparativa de transcriptomas, visando identificar enzimas cruciais para o metabolismo e adaptação dos fungos frente a diferentes condições de cultivo; (4) identificação de possíveis alvos moleculares para o desenvolvimento de antifúngicos, e (5) explorar e validar estratégias para o tratamento de dermatofitoses. Ao final do projeto pretendemos contribuir para o entendimento das relações estabelecidas entre este fungo clinicamente importante e o hospedeiro humano, bem como buscar alternativas viáveis e eficientes para o tratamento das dermatofitoses. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Doutorado direto em genética e biologia molecular de dermatófitos na USP  

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LANG, ELZA A. S.; BITENCOURT, TAMIRES A.; PERES, NALU T. A.; LOPES, LUCIA; SILVA, LARISSA G.; CAZZANIGA, RODRIGO A.; ROSSI, ANTONIO; MARTINEZ-ROSSI, NILCE M. The stuA gene controls development, adaptation, stress tolerance, and virulence of the dermatophyte Trichophyton rubrum. MICROBIOLOGICAL RESEARCH, v. 241, DEC 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.