Busca avançada
Ano de início
Entree

Explorando a microscopia STED para revelar danos celulares induzidos por moléculas fotossensibilizantes

Resumo

Este projeto SPRINT de um ano é focado em uma área de pesquisa que está emergindo rapidamente e expandindo os limites para resolver estruturas celulares e suas funções; microscopia de depleção de emissão estimulada (STED) de células vivas aplicadas em terapia fotodinâmica. Ao unir os grupos da Universidade de Lund (Suécia) e da UNESP (Brasil), buscamos abordar os mecanismos subjacentes da interação célula-fotosensibilizador (FS) na terapia fotodinâmica (TFD) de células tumorais usando microscopia de super-resolução, com potencial expansão para outras áreas. A TFD é um procedimento minimamente invasivo que induz a morte celular por reações foto-oxidativas. Modelos simplificados de células tumorais já estão sendo fotossensibilizados no projeto em andamento do grupo brasileiro, no entanto, a localização celular do FS em células cancerosas permanece desconhecida. Este projeto abordará essa questão usando o microscópio de super-resolução (STED) disponível na Universidade de Lund. Com o auxílio do microscópio STED, determinaremos o ponto final do FS após a internalização celular, o que gerará conhecimento sobre os mecanismos de morte celular desencadeados pela iluminação. Em uma série de reuniões entre os dois grupos, já identificamos possíveis configurações experimentais, materiais e linhagens celulares que seriam adequados para executar esse projeto inicial. A concessão deste projeto de mobilidade irá catalisar e expandir consideravelmente as interações entre pesquisadores da Universidade de Lund e da UNESP, desenvolvendo nossa colaboração e solidificando a base para uma parceria de pesquisa mais extensa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)