Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo multicêntrico para avaliação clínica e anatômica das síndromes coronarianas agudas em pacientes com neoplasia em tratamento em centros especializados (BRAzilian Registry of Acute Coronary Syndrome in Oncologic Patients - The BRAvAdO Registry)

Resumo

Procedimento: Análise clínica e anatômica de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA) e com diagnóstico de neoplasia. População: Serão incluídos, de forma consecutiva, todos pacientes com diagnóstico de neoplasia que apresentem quadro de síndrome coronária aguda. Objetivos do estudo: Principais - (1) Estimar a prevalência dos fatores predisponentes ao desenvolvimento de SCA no doente oncológico, (2) Avaliar a complexidade anatômica de lesões coronarianas e carga aterosclerótica total, através de cinecoronariografias de pacientes que se apresentam com síndromes coronarianas agudas, com e sem diagnóstico de neoplasia. Secundários - (1) Propor a realização de Escore de risco de para SCA em pacientes oncológicos, (2) Comparar a incidência de desfechos de cardiovasculares maiores intra-hospitalares (morte geral, morte de origem cardíaca, infarto do miocárdio não-fatal e nova revascularização).Desenho e população de estudo: Estudo multicêntrico, retrospectivo e prospectivo, observacional, baseado em análise de dados clínicos e de cinecoronariografias. A análise angiográfico consistirá de três braços de análise (dois grupos controle), compostos de: (1) pacientes com SCA e diagnóstico de câncer, (2) pacientes com SCA e sem diagnóstico de câncer e (3) pacientes que realizaram cinecoronariografia fora do contexto de SCA, para investigação de DAC ou por motivo de realização de cirurgia (pré-operatório, com exceção a cirurgia para tratamento de neoplasia). O plano inicial é de inclusão de 200 pacientes no grupo 1, 200 pacientes no grupo 2 e 200 pacientes no grupo 3. Duração do estudo: 48 meses Alocação: Consecutiva Intervenção / Seguimento: Não há intervenção para os pacientes incluídos pois trata-se de um estudo observacional. O estudo consiste na análise de dados clínicos e de cinecoronariografias dos pacientes incluídos na pesquisa. Número de pacientes: 600 indivíduos. Centros envolvidos: (1) Instituto do Coração (InCor) (principal), Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), Cecap Centro de Cardiologia Clínica e pesquisa Sirio Libanês Brasília, Hospital de Clínicas - Universidade Federal do Paraná, Centro de Ensino e Pesquisa "Prof. José Augusto Barreto", da Fundação São Lucas (CEPeqFSL) - Hospital São Lucas, Instituto de Cardiologia - Fundação Universitária de Cardiologia, Hospital Paulistano-SP (Américas Oncologia), Universidade Federal de São Paulo, Hospital BP, São Paulo, SP. Meta do estudo: Encontrar padrões de lesões coronarianas mais comuns em indivíduos com diagnóstico de neoplasia em vigência de SCA. Se encontrados, a possibilidade de realização de critérios angiográficos para análise de novas cinecoronariografias ajudaria no maior entendimento da doença coronariana e disponibilizaria embasamento para novas pesquisas na área e para o tratamento dos pacientes. Além disso, pretende-se estimar a prevalência dos fatores predisponentes ao desenvolvimento de SCA no doente oncológico, avaliar o grau de complexidade da anatomia coronariana e relacionar esses dados com o desenvolvimento de complicações intra-hospitalares. (AU)