Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de placa metrológica para aquisição de dados de pesagem em movimento

Processo: 19/15978-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2020 - 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Medidas Elétricas, Magnéticas e Eletrônicas, Instrumentação
Pesquisador responsável:André Luiz Gonçalves Loureiro de Souza
Beneficiário:André Luiz Gonçalves Loureiro de Souza
Empresa:WS Equipamentos Eletrônicos Ltda. - ME
CNAE: Atividades técnicas relacionadas à arquitetura e engenharia
Município: Santa Bárbara D'Oeste
Assunto(s):Sistemas de transportes  Sistemas inteligentes de transportes  Sistema de aquisição de dados  Processamento de sinais  Rodovias  Veículos de carga 

Resumo

O sistema de transporte no Brasil é predominantemente baseado na modalidade rodoviária que tem o escoamento de carga por caminhões como seu principal vetor. A necessidade de modernização das rodovias é urgente e deve seguir em paralelo às discussões para adoção de um sistema de transporte mais distribuído com outras modalidades. Neste sentido, rodovias inteligentes são o próximo passo para que se corrijam problemas encontrados nas principais rodovias do mundo, e já são uma realidade em muitos países desenvolvidos. Os Sistemas de Transporte Inteligentes ou ITS (Intelligent Transport Systems) como são conhecidos, implementam um conjunto de ações para tratar o tráfego de veículo de modo mais eficiente dentro de uma rodovia. De modo geral, esses serviços usam informações e comunicação avançada para aperfeiçoamento da segurança e da mobilidade. As possibilidades de empregar esses sistemas, visando a melhora da infraestrutura de rodovias, tem tido mais espaço nas discussões de novos projetos rodoviários no Brasil. Vale ressaltar que veículos sobrecarregados são perigosos para os usuários do sistema rodoviário e também responsáveis pela maior parte das complicações e danos causados em estradas e pontes. Para sanar este problema e facilitar a fiscalização, o sistema de pesagem em movimento em alta velocidade, ou simplesmente HS-WIM como são conhecidos (acrônimo da sigla inglesa High Speed - Weigh In Motion), tem como objetivo evitar o excesso de veículos que eventualmente seriam direcionados para a pesagem em balanças convencionais de fiscalização. Esse sistema é capaz de determinar o peso dos eixos rodantes sem que a velocidade operacional do veículo na rodovia seja interrompida, realizando uma triagem prévia para detectar possíveis irregularidades e direcionando penas os veículos identificados com inconformidades para uma verificação mais rigorosa em local apropriado. A utilização de sistemas HS-WIN empregados na Europa, Estados Unidos e Japão não foi, até o momento, uma experiência bem sucedida no Brasil, devido principalmente às características do clima e da infraestrutura das estradas. Dessa forma é necessário o desenvolvimento de um sistema de aquisição de dados, condicionamento e processamento dos sinais, dedicado às características das rodovias brasileiras, permitindo que o país possa usufruir desse tipo de tecnologia. Sendo assim, tem-se como objetivo principal deste projeto o desenvolvimento de um módulo eletrônico (placa metrológica) que permita implementar um sistema de aquisição de dados para pesagem em movimento em alta velocidade de veículos de carga. (AU)